Resenha de Show

Max e Iggor Cavalera celebram sua trajetória com os fãs em São Paulo

Carlos Pupo/Headbangers News


Max e Iggor Cavalera realizaram um show antológico na Audio, em São Paulo, na noite de domingo, dia 16 de de Junho de 2019, como parte da turnê ‘Return To Beneath Arise’, que comemora os álbuns Beneath the Remains (1989) e Arise (1991), gravados quando ainda estavam no Sepultura.

Eu poderia falar da importância deles como membros fundadores da mais importante banda de heavy e thrash metal brasileira e de como colocaram nosso país no radar da cena headbanger mundial. Queria fazer uma resenha diferente, mostrando o carisma de Max e a genialidade de Iggor como baterista (que por sinal esteve impecável o show todo). A dupla recebeu o apoio dos excelentes norte-americanos Marc Rizzo (guitarra) e Johny Chow (baixo).

Momento em que Fernanda, de 18 anos, subiu ao palco e cantou junto com Max Cavalera

Carlos Pupo/Headbangers News


Momento em que Fernanda, de 18 anos, subiu ao palco e cantou junto com Max Cavalera

Mas um singelo gesto de Max fez com que eu mudasse os rumos destas linhas, quando permitiu que a garota Fernanda subisse empolgadíssima ao palco para cantar com ele. O clima da noite foi este, a celebração de artistas icônicos com seus fãs, nada mais a ser dito. Aproveitei a oportunidade e consegui falar com Fernanda depois do show via Whatsapp, deixando a cargo dela a melhor qualificação para a apresentação.

Fernanda, de 18 anos, mora em Rio Verde, do interior de Goiás, e veio sozinha só para ver o show. Ela considerou o show maravilhoso e tem Max Cavalera como grade ídolo e inspiração. “Na hora que ele disse que eu sou o futuro do metal, me arrepiei toda”, disse Fernanda ao site Headbangers News. “Só de subir no palco, de falar com ele, de cantar com ele e de abraçar ele, eu senti uma energia muito boa, uma coisa muito incrível. Aquilo que todo fã de metal sente. Foi maravilhoso”. Ela se considera uma fanática por metal e vai sempre que pode aos shows. Também revelou que toca bateria e canta, tem planos de mudar para São Paulo e montar uma banda com seus amigos, que em sua maioria já vive na capital paulista.

Uma reverência aos ídolos, é nisso que se resumiu esta noite na capital paulista, com um mosh gigantesco que durou praticamente o show todo e com grandes hits da fase clássica do Sepultura, além de versões cover de bandas que os influenciaram como Motörhead e AC/DC.

Setlist:

1. Beneath the Remains
2. Inner Self
3. Stronger Than Hate
4. Mass Hypnosis
5. Slaves of Pain
6. Primitive Future
7. Arise
8. Dead Embryonic Cells
9. Desperate Cry
10. Altered State
11. Infected Voice
12. Orgasmatron (cover do Motörhead)
13. Troops of Doom (com uma pequena introdução de “Raining Blood”, do Slayer)
14. Refuse/Resist
15. Dirty Deeds Done Dirt Cheap (cover do AC/DC)
16. Roots Bloody Roots
17. Hear Nothing See Nothing Say Nothing (cover do Discharge)
18. Polícia (cover dos Titãs)
19. Black Magic (cover do Slayer)
20. Beneath the Remains / Arise / Dead Embryonic Cells


Audio

Data: 16/06/19

Horário: 18h

Av. Francisco Matarazzo, 694 - Água Branca