Entrevistas

Aydan, guitarrista do Elvenking, fala sobre o novo álbum

Aydan, do Elvenking, uma das atrações do Dark Dimensions Folk Festival

Divulgação

Aydan, do Elvenking, uma das atrações do Dark Dimensions Folk Festival

No dia do show do Elvenking em São Paulo, fui atendido pelo guitarrista Aydan, que me concedeu uma entrevista no lobby do hotel onde a banda estava hospedada no centro da capital. Falamos sobre o novo álbum “Secrets Of The Magick Grimoire”, que havia sido lançado na semana anterior. O grupo foi uma das principais atrações do Dark Dimensions Folk Festival.

"Secrets Of The Magick Grimoire", que foi lançado dia 10 de novembro de 2017 na Europa

"Secrets Of The Magick Grimoire", que foi lançado dia 10 de novembro de 2017 na Europa

Este é o nono álbum da banda, ele tem elementos mais pesados e me parece muito mais maduro. Eu adorei as melodias da faixa “A Grain Of Truth”, por exemplo. Qual foi a inspiração para esta música?

Aydan: Sim. Em geral, como você disse, acredito que este é um álbum mais pesado e que contém algum tipo de atmosfera sombria.  Foi quando fizemos a composição para este álbum específico, fomos influenciados por algumas faixas de death metal e black metal dos anos 90 que consumávamos ouvir quando éramos mais jovens e que adquirimos muita inspiração. Também é bastante extremo e nossa intenção era criar uma espécie de álbum misterioso com muitos sentimentos escuros e coisas assim. Então, você falou corretamente. “A Grain Of Truth” é mais um bom exemplo disso, porque contém na mesma música muitas melodias, mas, ao mesmo tempo, muitas coisas mais pesadas. Existem alguns vocais guturais e outras coisas, então mostra exatamente o conteúdo deste álbum, uma mistura perfeita de muitas melodias e algumas coisas extremas. Então, concordo.

A banda soa bem mais Power Metal agora. Eu estou certo? Pode citar suas influências e quais são suas bandas favoritas?

Aydan: Eu não tenho certeza se soamos mais Power Metal ou algo assim. Fomos influenciados pelo gênero, mas acho que o álbum pode soar e contém muitas coisas diferentes nele. Então, do Power Metal até coisas mais extremas como falamos antes, mas também mais melódico.
Eu sinto que este álbum é mais extremo, mais obscuro, mas também com muita melodia, então talvez algumas coisas possam lembrar o Power Metal. Se você está perguntando quais são nossas bandas favoritas, obviamente, nós temos muitas, porque adoramos as bandas clássicas de power metal como Helloween ou coisas clássicas como Iron Maiden. Mas também coisas muito diferentes, nós adoramos Mercyful Fate, King Diamond, Cradle of Filth Dimmu Borgir e também Annihilator, muitas coisas de thrash. Eu gosto de coisas dos anos 80, então temos muitas influências diferentes dentro da banda.

A produção e mixagem foi feita por Simone Mularoni. Como foi trabalhar com ele?

Aydan: Eu adoro trabalhar com o Simone, porque ele é um produtor muito bom e talvez ele não seja tão famoso quanto algum outro produtor, mas acho que no próximo ano ele se tornará um dos grandes nomes da cena, porque ele teve um ano perfeito. Ele sempre sabe o que fazer, se eu tentar descrevê-lo ou fazer algo parecido com isso, ele parece um papai, que compreende tudo perfeitamente de primeira, imediatamente, então é incrível trabalhar com ele.

Os fãs têm grandes expectativas com este novo álbum. Pode deixar uma mensagem para aqueles que ainda não puderam ouvi-lo ainda?

Aydan: Sim, sabemos que há uma grande expectativa e, como você sabe na Europa, o álbum foi lançado há uma semana (10 de Novembro) e as primeiras reações são incríveis tanto pela imprensa, quanto pela reação dos fãs e também da gravadora na Europa (AFM Records), que nos informou que as vendas foram muito boas nas primeiras semanas. Acho que tudo está indo muito bem. Uma mensagem para os fãs do Elvenking, é que este álbum é um pouco mais difícil para entender e talvez você precise ouvi-lo talvez quatro ou cinco vezes para entender completamente. Não é o álbum típico que você pode colocar alguns singles no Spotify e você clica imediatamente nestes singles. É o tipo de álbum que você deve permanecer ouvindo um pouco mais. É o tipo de álbum que você talvez não goste na primeira audição, então você começa a entendê-lo. Talvez (por isso) o álbum permaneça vivo por mais tempo e não termine depois de um mês, quando você já está entediado com isso. Pelo menos é o que eu espero.

Quais são os próximos passos? Podemos esperar algo mais?

Aydan: Nossos próximos passos agora são tentar promover o álbum tanto quanto possível. Ao vivo, obviamente. Agora estamos na América do Sul, o que é bom para nós, e depois teremos a turnê europeia. Muitos festivais, festivais de inverno e outono na Europa. Quanto aos nossos próximos passos, temos projetos especiais em mente, sobre algumas coisas dos discos antigos. Mas ainda precisamos pensar sobre isso e ver como fazê-lo, mas este é o próximo passo, o primeiro de todos é promover este novo álbum tanto quanto possível.

* Agradecimento especial ao amigo Vinícius Rosa pela transcrição e a Gerard Werron, da Nuclear Blast, pela oportunidade. Também agradeço a Fernando Custódio Moreira, do Portal do Inferno, pelo credenciamento no show.

Confira as fotos da apresentação do Elvenking do último domingo, 19 de novembro de 2017, no palco do Carioca Club durante o Dark Dimensions Folk Festival. Crédito: Carlos Pupo/Headbangers News

Galeria de Fotos