Notícias

Ann’emic mistura stoner e metal progressivo no EP Derash

Banda carioca estreia na Abraxas Records com registro de músicas densas e reflexivas

Melissa Araujo/Divulgação


Banda carioca estreia na Abraxas Records com registro de músicas densas e reflexivas

Os andamentos progressivos e riffs stoner ditam a sonoridade do quarteto carioca Ann’emic, que lança o novo EP Derash pela Abraxas Records. As quatro faixas do registro, altamente indicadas para fãs de Tool, Mastodon, Kyuss, e Om.

Derash é o sucessor do disco de estreia Ataraxia, que mostrava a banda mais calcada no progressivo tradicional. Neste EP, gravado no saudoso Superfuzz (o Ann’emic foi uma das últimas a gravar lá antes que o estúdio fechasse as portas), é possível ouvir uma massa sonora com guitarras densas, riffs mais arrastados e baixo – um dos grandes destaques deste EP – explorando bastante os graves.

As letras de todas as quatro músicas de Derash dialogam com a possibilidade da civilização ter nascido por mãos alienígenas e como a raça humana falhou. Reflexões sobre a busca pela iluminação interna contínua também estão presentes nas letras.

Uma das faixas mais lisérgicas do EP é Descend, que progride a todo instante. É a gênese e síntese do conceito do registro, com ênfase no instrumental, em que deixa clara a influência progressiva. Ambientações futurísticas também são perceptíveis na maioria das passagens de Derash.