Notícias

Area 55 estreia com single e clipe ‘Far Away’

Banda radicada em Los Angeles conta com Julio Federici (King of Bones) e Mika Jaxx (Sioux 66 e React)

Ricardo Salles/Divulgação


Banda radicada em Los Angeles conta com Julio Federici (King of Bones) e Mika Jaxx (Sioux 66 e React)

Criada em Los Angeles (EUA) por Julio Federici (vocal, King of Bones), Mika Jaxx (guitarra, Sioux 66 e React), Gui Bodi (baixo, Disciples of Babylon e Artur Menezes) e Boll3t (bateria, Aboleth e Hecatombe), a banda Area 55 estreia com o single e videoclipe “Far Away”. A concepção do nome, por ter ligação com brasileiros, acabou ficando uma analogia da instalação da Força Aérea dos EUA, conhecida como Area 51. “No começo, quando fizemos o ‘brainstorm’ para a escolha do nome, pensamos em Code 55, em referência ao código de telefone do Brasil. Depois veio a ideia de Area 55, para ter conexão com a Area 51, que tem ligações com histórias sobre OVNIs, assunto que somos viciados”, revelou Federici.

Federici explica que quando ainda estava no Brasil, fazendo o seu processo de visto de artista para se mudar para Los Angeles, viu um post de Mika Jaxx falando que ele também iria deixar o Brasil. “Quando vi esta postagem, na minha cabeça eu já tinha em mente que quando chegasse em Los Angeles faria contato com ele e com todas as pessoas que conhecia na cidade, tanto brasileiros como americanos. Assim, logo na primeira semana, eu falei com ele e a gente marcou de se encontrar porque, por coincidência, ele morava no mesmo lugar que eu acabei me instalando”, recordou o vocalista. “No fim da conversa ficou acordado que iríamos fazer um som juntos. Ele chegou com riffs mais na linha do Breaking Benjamin, Three Days Grace e Shinedown. Por mais que minhas raízes estejam nos anos 1980 e 90, sempre gostei de ouvir coisas novas e então tudo se encaixou, porque tudo fluiu naturalmente”, acrescentou.

Com a concepção musical em mente, Federici e Jaxx saíram em busca de outros músicos para completar a formação. “Chegamos a testar americanos e até tivemos um baixista mexicano durante um tempo, mas como ele fica três meses aqui e três meses no país dele, achamos que isto poderia complicar algumas coisas. Então, por intermédio de Júlio Mendoza, veio Boll3t que, por coincidência, também é amigo do baterista Marcelo Moreira (Burning In Hell, Almah, Kiko Loureiro, Circle II Circle). Ele atualmente reside em Los Angeles, mas ambos são de Caxias do Sul (RS). Fizemos o teste e Boll3t foi aprovado na hora!”, comemorou o vocalista. “Boll3t nos indicou três baixistas: um americano, um cara da Nova Zelândia e o Gui Bodi. A gente estava praticamente fechando com o americano, mas quando Gui fez o teste, chegou atropelando. Ele tem dois discos gravados com o Disciples of Babylon, ‘Welcome to Babylon’ (2015) e ‘The Rise And Fall of Babylon’ (2017)”, completou Mika Jaxx.

Curiosamente, o Area 55 tem três integrantes formados em produção: Mika, Boll3t e Federici. “Boll3t, inclusive, produziu bandas como Rotten Filthy e, recentemente, estudou com o produtor e engenheiro de som americano Andrew Scheps, premiado pelo Grammy e que, entre outros trabalhos, mixou o mais recente álbum do Rival Sons”, detalhou Mika Jaxx.

Com o single “Far Away” lançado, o grupo agora prepara o álbum de estreia, ainda sem título e data de lançamento definidos. “Estamos produzindo com Brendan Duffey, que trabalhou com bandas como Angra, Torture Squad e Andre Matos, entre muitas outras. A melhor coisa é que tudo está saindo rápido”, relatou Julio Federici. “Queremos fechar dez músicas e já temos seis prontas. A ideia é cair na estrada imediatamente. Então, fechando o restante do repertório do disco, mandaremos para Brendan Duffey fazer a mix e a master”, concluiu Mika Jaxx.

 

Veja o videoclipe “Far Away”, produzido pela Obuie 360 e dirigido por Ricardo Salles.