Notícias

Dark Dimensions Folk Festival II tem baixa no line-up e anuncia nova programação

A banda brasiliense Arandu Arakuaa, umas das revelações do cenário nacional, cancelou a sua participação na tão aguardada segunda edição consecutiva do Dark Dimensions Folk Festival, que acontece no próximo dia 20 de outubro, no Espaço 555, por “problemas de logística”. Devido a nova política de bagagens, tornou-se inviável a vinda da banda para São Paulo. A produtora Dark Dimensions sente muito pelo imprevisto e espera contar com o grupo em evento futuro.

Apesar disso, a organização entrou em acordo com os headliners Arkona (Rússia) e Týr (Ilhas Faroé) e ambos aumentaram as suas apresentações de 1h para 1h30, mantendo sete horas ininterruptas com grandes representantes do folk/viking metal na atualidade no Brasil e no exterior. A sensação Hugin Munin (Santos) e os novato do Burning Christmas (São Paulo), além das tradicionais lutas e venda de artigos medievais, também fazem parte da programação.


Após importantes participar dos grandes festivais da Europa, o Arkona, um dos grupos mais renomados do folk metal mundial, finalmente está de volta ao Brasil. Masha “Scream” (vocal), Sergei “Lazar” (guitarra), Ruslan “Kniaz” (baixo), Andrey Ischenko (baterista) e Vladimir “Volk” (wind ethnic instruments) trazem a turnê promocional do recém-lançado álbum “Khram”.

Formada em Moscou, o Arkona representa uma sonoridade peculiar com grande influência do folclore russo, da mitologia eslava em suas letras e sua música incorpora instrumentação tradicional. Todas as composições da banda são cantadas e batizadas em russo, sendo seus álbuns também nomeados nesta língua e com todas as escritas em alfabeto cirílico.

Já o Týr, um dos principais nomes do folk/viking Metal Mundial, retorna pronto para conquistar uma nova legião de fãs no País. O grupo liderado por Heri Joensen (vocal/guitarra) e  Gunnar H. Thomsen (baixo) segue na estrada promovendo o elogiado álbum “Valkyrja” (2013 – Metal Blade).

Mesmo com a saída de Terji Skibenæs (guitarra) e Amon Ellingsgaard (bateria), e a convocação imediata dos exímios Attila Vörös (Satyricon/Nevermore/Warrel Dane) e Waltteri Väyrynen (Paradise Lost/Vallenfyre), segundo informações, existe a possibilidade de lançarem um novo disco ainda neste ano.

O Týr tem como principal característica unir mitologia, música folk e o heavy metal. Nos últimos anos, a banda tem tocado nos mais importantes festivais da Europa e, Rob Halford, vocalista da lendária banda Judas Priest, em entrevista, declarou que o Týr fez parte da sua playlist.