Notícias

Parkinson causa o afastamento de Glenn Tipton do Judas Priest

Tipton será substituído por Andy Sneap, que produziu o próximo álbum do grupo, o aguardado "Firepower"

Tipton será substituído por Andy Sneap, que produziu o próximo álbum do grupo, o aguardado "Firepower"

Glenn Tipton ficará em casa enquanto o Judas Priest estiver em turnê no próximo mês.

O guitarrista de 70 anos revelou na segunda-feira, 12,  que ele foi diagnosticado com Mal de Parkinson há 10 anos.

“Dez anos atrás, Glenn foi diagnosticado com Mal de Parkinson nos estágios iniciais – desde então, até recentemente, Glenn viveu sua vida como o grande guitarrista de heavy metal que ele sempre foi, mantendo os seus próprios princípios de qualidade e interpretação. Isso é incrivelmente importante “, informou a banda, composta por Rob Halford, Richie Faulkner, Ian Hill e Scott Travis.

O guitarrista fez a seguinte declaração: “A turnê do Judas Priest continuará como planejado. O meu papel é que mudou”.

Tipton será substituído por Andy Sneap, que produziu o próximo álbum do grupo, o aguardado “Firepower”, que será lançado no dia 9 de março pela Epic Records.

Firepower reúne o Judas Priest novamente com Tom Allom, o lendário produtor que esteve presente em todos os discos da banda de 1979 a 1988, incluindo os clássicos British Steel (1980), Screaming for Vengeance (1982) e Defenders of the Faith (1984).