Notícias

Prison Bäit anuncia o encerramento das atividades

Viver de música pesada no Brasil é uma tarefa árdua e muito complexa nos dias de hoje, infelizmente poucas bandas conseguem sobreviver por muito tempo. Agregue a isso, a falta de incentivo, o alto custo de gravações e ensaios, e na maioria dos casos, os músicos precisam ter empregos fora do ramo musical para sustentar famílias e a si mesmos.

Para surpresa de muitos fãs, um dos nomes mais importantes e de grande relevância ao cenário nordestino, o Prison Bäit, comunica o fim de suas atividades por tempo indeterminado. O motivo do fim da banda, se deve ao fato de os músicos possuírem diferentes planos para esse segundo semestre de 2018 e 2019. Não teria haviado desavença ou brigas internas.

O Prison Bäit começou em 2013, quando os amigos Zeno Neto (vocalista), Cleyton Alves (bateria) e Wilson Santos (baixo), fundaram a banda com o proposito de executar músicas autorais e voltadas ao rock sujo e pesado. Com fortes influências do Motorhead, o Prison Bäit lançava em 2014 seu álbum de estreia “Who da Fuck Are You?”. O disco que teve dois clipes lançados e está disponível em todas as plataformas de streaming.

No ano de 2017, o Prison Bäit integrava o guitarrista Tiago Godoy ao grupo. Com essa formação, a banda dava início as composições do segundo disco da carreira. Porém, esse novo álbum acabou sendo engavetado e foi anunciado o fim da banda.

Apesar do fim das atividades, o Prison Bäit, não descarta que no futuro uma reunião possa acontecer. No momento cada integrante seguirá seu caminho, alguns dentro da música, outros em rumos diferentes profissionalmente. A amizade entre os quatro músicos continua intacta e todos desejam sucesso em suas novas empreitadas.