Notícias

Produtora EV7 LIVE posta nota oficial sobre os cancelamentos do shows do Glenn Hughes e Combichrist

A Produtora de show EV7 LIVE, anunciou ontem, 29 de Agosto, que faria um pronunciamento importante para explicar os cancelamentos do show do Combichrist, que aconteceria hoje em São Paulo e o show do Glenn Hughes que aconteceria em Setembro.

Segue abaixo a nota postada nas redes sociais da produtora:

Olá a todos.

Muitas pessoas estão esperando uma atualização sobre os cancelamentos que aconteceram este mês. Estávamos preparando esse comunicado com muito cuidado, posto que ainda temos shows para acontecer nos próximos meses e precisávamos nos certificar que não seriam prejudicados. Nos comentários, vocês terão acesso a alguns e-mails, comprovantes e provas, que são apenas uma parte de tudo o que temos.

Nos últimos meses, fomos vítimas de um estelionatário chamado Rafael Ramirez Evans (aqui, o perfil do sujeito: Rafa Ramirez Jr), um chileno que mora no Peru, proprietário da empresa LIMA LIVE Sessions. Havíamos trabalhado anteriormente com ele na turnê do Mark Farner, em maio. Rafael cumpriu todos os acordos combinados conosco na turnê do Mark, e então confiamos a ele a venda de vários shows de uma turnê do Glenn Hughes que aconteceria em outubro próximo.

Rafael havia acordado conosco a compra de 7 shows desta turnê, por 96,500 dólares. Assinamos com Glenn Hughes uma turnê enorme, levando em consideração essas 7 datas vendidas ao Rafael, outras que foram vendidas a outros parceiros, e os shows que nós próprios produziríamos.

Rafael não honrou nenhum dos termos do acordo ou datas de pagamento. Todos os comprovantes de pagamento que ele enviou (nos comentários) foram falsos – criados por ele para nos enganar. Por fim, assumiu que não poderia fazer os shows – atitude que inviabilizou completamente a turnê do GH, que já estava assinada e com ingressos à venda no Brasil, Uruguai e Argentina.

A atitude inconsequente de Rafael e Lima Live Sessions levou ao cancelamento da turnê de Glenn Hughes, nos causando um prejuízo superior a meio milhão de reais. Ele também enviou comprovantes de pagamento falsos à produtora IDL Entertainment (o que levou ao cancelamento da turnê latino-americana do Combichrist) e enviou também enviou comprovante falso de pagamento à agência do Michale Graves, atitude que foi determinante na decisão do artista de cancelar os shows restantes no Brasil – causando um prejuízo enorme ao Jairo Vaz Neto e Venus Concerts.

Suas atitudes deixaram um rastro de destruição em muitos produtores sérios da América Latina. A nós, uma perda incalculável de dinheiro.

Diante desse quadro, estamos anunciando oficialmente o cancelamento dos shows das bandas Combichrist e Glenn Hughes, que já haviam sido comunicados antes pelos artistas.

Os shows da banda Stryper, Tourniquet e Narnia vão acontecer com algumas mudanças que foram necessárias diante do atual cenário – já anunciadas ontem. Os shows do Uriah Heep em São Paulo vão acontecer conforme o programado. Quanto ao show do I Am Morbid, anunciaremos amanhã se será ou não mantido por nossa produtora.

Isentamos nesta nota a Ticket Brasil e as casas de show por todo inconveniente causado com esses cancelamentos. Embora tenhamos sido vítimas de um golpe, a responsabilidade é inteiramente nossa da EV7 Live. O intuito aqui não é nos eximir de nenhuma responsabilidade. Apenas esclarecer os fatos.

Aqueles que compraram ingresso para os shows cancelados devem escrever para contato@ev7live.com.br onde receberão instruções sobre reembolso.

A produtora ainda postou nos comentário, prints de conversas e comprovantes bancários. EV7 teve muitos problemas este ano em relação a shows, como o cancelamento da banda Eluveitie e Michale Graves (veja a nota aqui).

Olá a todos. Muitas pessoas estão esperando uma atualização sobre os cancelamentos que aconteceram este mês. Estávamos…

Publicado por EV7 Live em Sexta-feira, 30 de agosto de 2019