Notícias

Setembro Negro terá a ‘psicodelia pesada e ocultista’ do Coven

Pela primeira vez no Brasil, uma das mais antigas bandas com temas satânicos, o Coven se apresenta no festival Setembro Negro.

O Coven participará da 12ª edição do festival, que acontecerá nos dias 29 e 30/09, e contará também com as bandas Aeternus, Enthroned, Morbid Saint, Schirenc Plays Pungent Stench, Purgatory, Razor, Vulcano, At The Gates, Taake, Wolfbrigade, Amen Corner, Decomposed God, Human Atrocity, Infested Blood e Manger Cadavre.

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

Formado no final dos anos 60 nos Estados Unidos, pouco antes do Black Sabbath na Inglaterra (coincidentemente eles tinham um baixista chamado Greg “Oz” Osborne), apesar do som não ser tão pesado, chamavam a atenção – e chocavam – pelas letras satânicas, cantadas pela líder e vocalista Esther “Jinx” Dawson.

Seu disco de estreia, “Witchcraft Destroys Minds & Reaps Souls” é considerado um dos mais satânicos da história, principalmente se considerarmos a época em que foi lançado, em 1969… Outro fato curioso é que a música que abre o disco leva o nome de “Black Sabbath” – que passava despercebida em meio a títulos como “Pact with Lucifer”, “Choke, Thirst, Die”, “Dignitaries of Hell” e “Satanic Mass”.

Depois de “Witchcraft Destroys Minds & Reaps Souls”, eles ainda lançaram pérolas como “Coven” (1971), “Blood on the Snow” (1974), “Metal Goth Queen: Out of the Vault” (compilação, 2008 e “Light The Fire” (EP, 2016).


 12ª Edição FESTIVAL SETEMBRO NEGRO

Dias: 29 e 30 de Setembro (Sábado e domingo)

Local: Carioca Club Pinheiros (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – Sao Paulo/SP)

Tel. (11) 3813-8598 / www.cariocaclub.com.br