Notícias

Sons of Apollo traz estrelas do rock mundial ao Brasil

Dream team do rock progressivo está prestes a iniciar a turnê do álbum “Psychotic Symphony” na América Latina

Divulgação


Dream team do rock progressivo está prestes a iniciar a turnê do álbum “Psychotic Symphony” na América Latina

Quem diria que nomes emblemáticos como Jeff Scott Soto (vocal, ex-Journey, Talisman, Yngwie Malmsteen’s Rising Force), Ron ‘Bumblefoot’ Thal (guitarra, ex-Guns N’ Roses), Billy Sheehan (baixo, The Winery Dogs, Mr. Big, David Lee Roth), Derek Sherinian (teclado, ex-Dream Theater) e Mike Portnoy (bateria, ex-Dream Theater, Adrenaline Mob, The Winery Dogs) um dia iriam se reunir para formar outro verdadeiro dream team do rock mundial: o Sons of Apollo.

Após gravar e lançar o impressionante debut álbum “Psychotic Symphony”, o supergrupo não perdeu tempo e logo caiu na estrada. Após passar pelas principais cidades dos EUA, a banda agora está prestes a iniciar importante turnê pela América Latina.

Uma das principais apresentações acontece, no próximo dia 14 de abril, na Tropical Butantã, em São Paulo. No repertório, além das principais composições de “Psychotic Symphony”, o público ainda pode esperar muitas surpresas.

O exímio Mike Portnoy enviou recado para que os fãs prestigiem aos shows desta excursão. Derek Sherinian também gravou mensagem ao público.

A história do Sons of Apollo começou nos primeiros meses de 2017. Rumores começaram a circular sobre um novo projeto secreto de Mike Portnoy e Derek Sherinian. Finalmente, no começo de agosto, a dupla revelou os principais detalhes do mais novo dream team do rock mundial.

“Psychotic Symphony” foi produzido por Mike Portnoy e Derek Sherinian, dupla carinhosamente conhecida como “The Del Fuvio Brothers”, que é o apelido dado a eles há mais de 20 anos durante os tempos de Dream Theater. “Mike e eu trabalhamos em um ritmo implacável no estúdio”, conta Sherinian. “A música é moderna, mas nós temos uma velha alma juvenil. O que é único sobre Sons of Apollo é que nós temos a verdadeira magia do rock junto com o virtuosismo – uma combinação letal!”, finaliza o tecladista.

A banda Sons of Apollo se reuniu de uma maneira muito orgânica, como explica Mike Portnoy:
“Derek e eu nos reunimos pouco depois de ter deixado Dream Theater em 2010 e reunimos uma banda instrumental com Billy Sheehan e Tony MacAlpine. Foi a primeira vez que trabalhei com Derek desde os anos 90, quando estava no Dream Theater e foi ótimo trabalhar novamente com ele. Desde essa turnê, que realmente era uma coisa única, ele me cutucou para começar Uma banda original e em tempo integral. Até então não tivemos tempo para isso, pois eu tinha muitas outras coisas para finalizar, mas agora finalmente ela nasceu e se concretizou”, explicou o baterista.

Os músicos explicam a origem do nome Sons of Apollo:
“Eu tenho uma lista de nomes diferentes de bandas guardado em meu celular, que eu sempre tenho que olhar a cada vez que eu tenho uma nova banda em todos os anos (risos). Então, puxei a lista e Apollo era um dos nomes da lista. Era uma palavra que nós realmente gostamos. Começamos a mexer com diferentes variações da palavra. Um dos nomes originais da banda era Apollo Creed, o personagem do filme “Rocky”, mas depois de muitas discussões diferentes em diferentes variações, Derek sugeriu Sons of Apollo. Apollo é o Deus da Música, então com isso em mente parecia um nome apropriado”, comentou o baterista Mike Portnoy.

Fonte: Costábile Salzano Jr/The Ultimate Music