Notícias

The Great Old Ones lança videoclipe da nova música ”Nyarlathotep”

Os mestres do Lovecraftian Black Metal, The Great Old Ones, revelaram um vídeo para a canção “Nyarlathotep”, que foi tirada do álbum “Cosmicism”. A banda comenta: “Estamos orgulhosos de apresentar a vocês ‘Nyarlathotep’, uma música baseada no texto de Lovecraft com o mesmo nome. O que é melhor do que uma faixa escura e pesada para nos trazer na frente do ‘mensageiro, coração e alma’ dos Deuses Exteriores, afundar na loucura e no conhecimento dos segredos ocultos. Aproveite o encontro, tenha medo de sua sanidade mental. Ele é o flagelo, ele é as feridas, ele é o expurgo, que traz os últimos erros. ”

A banda surgiu em 2009 da antiga cidade portuária de Bordeaux, uma cidade famosa por seus segredos e vinho tinto. Depois de lançar seu primeiro álbum, ‘Al Azif’, as reações dos críticos e fãs foram unanimemente positivas.

A banda seguiu com seu segundo disco, ‘Tekeli-li’, que rendeu elogios ainda maiores. Como resultado, fizeram um show no aclamado festival Roadburn, abriram para  Behemoth em sua terra natal, tocaram no Hellfest também. O terceiro álbum, ‘EOD – A Tale of Dark Legacy’, (2017) marcou mais um grande passo na rápida ascensão da banda. Pegaram a estrada com o lendário Gaahls Wyrd e embarcaram em uma bem-sucedida turnê européia com os companheiros de selo AUÐN da Islândia.

Agora apresentam seu novo trabalho”Cosmicism”, uma filosofia literária desenvolvida pela H.P. Lovecraft. A ideia por trás do “Coscmicism” é que os seres humanos são criaturas sem Deus, que são totalmente insignificantes no grande esquema do nosso universo cósmico. A produção deste álbum foi confiada a Francis Caste do Studio Sainte-Marthe, que conseguiu captar a essência singular do The Great Old Ones. O registro é uma verdadeira jornada no frio profundo do espaço. Cada canção apresenta uma entidade lovecraftiana e paralela ao destino sombrio do protagonista que a conhece e, por sua vez, sucumbe lentamente à admiração e à loucura.


Faixas:
1. Cosmic Depths (01:47)
2. The Omniscient (09:26)
3. Of Dementia (06:16)
4. Lost Carcosa (08:57)
5. A Thousand Young (11:44)
6. Dreams of the Nuclear Chaos (04:27)
7. Nyarlathotep (07:29)
8. To A Dreamer (07:34) Bonus Track

Formação:
Benjamin Guerry (vocal e guitarra)
Aurélien Edouard (guitarra)
Alexandre ‘Gart’ Rouleau (guitarra)
Benoit ‘Barby’ Claus (baixo)
Leo Isnard (bateria)