Resenhas

Age of Despair

Desert Crows

8.5

Poucas vezes ouvi um disco de estreia tão bom quanto este dos goianos do Desert Crows, lançado pela Monstro Discos e a Milo Records. Numa pegada muito rock n' roll, ganhou minha atenção desde a primeira audição.

Formado pelo trio Vitor Mercez (guitarra e vocal), Raul Martins (baixo) e Pedro Nascimento (bateria), flerta com as sonoridades do grunge ao stoner rock.

A arte da capa é um espetáculo à parte, criada pelo já reconhecido ilustrador alagoano Cristiano Suarez, autor da polêmica arte da turnê do Dead Kennedys, que se apresentaria no país em maio deste ano.

Os Desert Crows compuseram uma obra característica da juventude de seus integrantes, cheia de energia, distorções mais agressivas e riffs grudentos que vão pegar de jeito os headbangers que realmente amam o estilo. Apesar de terem recebido o rótulo de uma banda “stoner”, acho que suas composições vão muito além pela criatividade e competência tanto nos instrumentais como nos vocais rasgados e roucos.

Toda esta energia deve aumentar exponencialmente nas apresentações ao vivo e espero poder estar lá para testemunhar isso em algum show.