Resenha de Show

Krisiun realiza o “segundo” primeiro show presencial de metal após a pandemia

Jéssica Marinho

O ano de 2021 marca a volta de nossas vidas ao “novo normal” após COVID-19 ceifar milhares de vidas em uma situação desesperadora exigindo medidas imediatas. Foram feitas várias tentativas de volta posteriores a esse evento, protagonizados inclusive pela maior banda nacional de death metal, evento esse que ocorreu em novembro de 2020.

Mesmo com a capacidade de lugares reduzida, o Carioca Club realizou o que foi o reencontro dos amantes do metal nacional, na tarde de 21 de novembro, em São Paulo. O Carioca Club ofereceu três setores para maior comodidade e segurança dos fãs: camarote, mesas e pista com capacidade reduzida. Apesar de anunciar que seria adotada todas as medidas e protocolos sanitários, respeitando as orientações e procedimentos de segurança, em nenhum momento conferiram o comprovante de vacinação.

Hellgarden

Jéssica Marinho

Hellgarden

A banda encarregada de abrir o evento iniciado às 18h30 foi o Hellgarden, diretamente de Botucatu, no interior paulista, a banda trouxe um som diretamente influenciado pelos pais do groove metal – Pantera. Hellgarden aqueceu o público com sua presença e animação tocando faixas do álbum de estreia ‘Making Noise, Living Fast’ e fazendo a galera agitar insanamente com seu som pulsante.

Formada em 2017, Hellgarden voltou aos palcos pós pandemia para divulgar o debut álbum, que não teve tantos shows de divulgação devido à pandemia. Essa não foio a primeira vez que os botucatuenses abriram para uma das maiores lendas do metal nacional, e provaram mais uma vez que foram a melhor escolha para a abertura. O HellgardeN toca um som orgânico, visceral e marcante. Com riffs assombrosos, vocais rasgados e um som violento de bateria e baixo, eles já se apresentaram ao vivo em importantes festivais do Brasil, dividindo o palco, também, ao lado do Claustrofobia e Project46.

Jéssica Marinho

Após uma breve pausa, o Krisiun começa sua apresentação às 20H com a costumeira categoria. Sempre trilhando o caminho do estilo que eles abraçaram desde o início de sua carreira, o Krisiun é daquelas bandas que nunca decepcionam em suas apresentações e dessa vez não foi diferente. A banda tocou faixas dos álbuns ‘Scourge Of The Enthroned’, ‘Forged in Fury’, ‘Great Execution’ e a surpresa da noite foi faixa “Cursed Scrolls” do álbum ‘Conquerous of Armaggedon’, faixa que a banda não tocava há mais de 10 anos e juntamente com ela fizeram um cover de “Grinder” do Judas Priest, o que surpreendeu o público do Carioca.

Outro ponto alto do show foi o momento em que Alex fez diversas homenagens e agradecimentos ao cenário do metal nacional feminino, citando bandas como The Damnnation, Crypta, Sinaya entre outras que estavam presentes prestigiando o show.

Foi uma volta memorável, o evento tinha cerca de 300 pessoas, o que é considerado pouco pra capacidade total do espaço do Carioca Club,  o que deu uma sensação se conforto a quem estava tanto nas mesas quanto em frente ao palco. O evento foi diferente, mas nem tanto, pois terminou exatamente como os shows eram antes da pandemia. Pessoas muito próximas, abraços, rodas e pior ainda, sem uso de máscaras de proteção, que ainda é obrigatória.

Não sabemos se teremos uma terceira ou quarta onda, mas realmente o sentimento que fica é que estamos no começo da volta ao “normal” e abertos a novos e maiores eventos que estão marcado para o próximo ano. Esperamos muito que tenhamos muito mais do que tivemos nesse 21 de novembro de 2021.

Jéssica Marinho

Galeria de Fotos


ÚLTIMOS INGRESSOS DISPONÍVEIS
Garanta o seu em bit.ly/krisiun-sp-2021

Mesmo com a flexibilização de horário e da capacidade de lugares no Carioca Club Pinheiros, RESTAM POUCOS INGRESSOS para o show que o Krisiun fará no dia 21 de novembro em São Paulo.

Além da venda online você pode garantir o seu ingresso presencialmente no Carioca Club ou na Loja 255 da Galeria do Rock.

Carioca Club

Data: 21/11/21

Horário: 17h

Rua Cardeal Arcoverde, 2899 - Pinheiros