Resenha de Show

Shaman se apresenta na Audio em clima de festa

Alírio Neto à frente do Shaman na Audio Club

Dani Moreira/Headbangers News

Alírio Neto à frente do Shaman na Audio Club

Na noite de 31 de Julho de 2022 a HonorSounds trouxe para o palco da Audio Club as bandas Shaman e Allen Key. O show de abertura inicialmente marcado para iniciar às 18h, acabou tendo mais de uma hora de atraso. Às 19h, a banda Allen Key subiu ao palco já diante de um grande público.

O grupo, que é novato no cenário brasileiro, apresentou seu som e mostrou a que veio com muita atitude, peso e energia. Com uma intensidade de como estivesse tocando para um estádio lotado. A vocalista Karina Menascé esbanjou presença de palco, mostrando ser uma excelente frontman, principalmente analisando sua interação com público, em que conseguiu nos deixar em sintonia com a apresentação. A banda tocou como se fosse o headliner daquela noite. De qualquer forma, a Allen Key chegou quebrando tudo e com um show monstruoso, inaugurando em grande estilo o evento daquele domingo.

Vale ressaltar que a produção do Allen Key estava literalmente melhor e mais robusta que a produção do Shaman, o que me surpreendeu e muito, uma equipe grande e que fez o show fluir e torná-lo altamente imersivo para o público.

 

 

SETLIST

01 Granted

02 Straw House

03 Illusionism

04 Lov You More

05 Goodbye (com um teclado incrível de Karina Menace)

06 Aparthy

07 Judas

08 Mr Whiny

09 The Last Rhino

Após a banda Allen Key deixar o palco, temos uma pausa, que eu como espectador realmente achei maçante. Um hiato de quase 40 minutos e que fez muito mal para o Shaman, que subiu ao palco 21h40 da Audio e acabou decepcionando em seu primeiro ato.

Sob o comando do vocalista Alirio Netto, o grupo entrou no palco de forma “atrapalhada”, com timing extremamente fora (deixando um silencio depois da introdução!). A guitarra de Hugo Mariutti estava quase muda e baixo de Luis Mariutti sobressaindo por quase tudo. Mostrando assim talvez um amadorismo que não pode ser perdoado para uma banda que tem 22 anos de estrada.

Nesse primeiro ato, tivemos a execução na íntegra do mais recente álbum “Rescue”, que já contava com Alirio Netto nos vocais, após assumir o lugar de André Matos que faleceu em 2019.

Alirio prosseguiu a apresentação ao som de “Time is Running Out”,”The “I” Inside “,”Don’t Let it Rain, “Where Are You Now?” e “The Spirit”. Cançōes que são claramente, além de sobras do período ainda de André Matos, também uma forma de homenagem ao mesmo. Inclusive, Alirio não poupou elogios ao “mestre”, como nomeou André para explicar a origem de “Gone Too Soon” e sentar-se ao piano para executá-la.

Prosseguimos então com a banda tocando a segunda metade do album “Rescue” com “The Boundaries of Heaven”, “Brand New Me”, “What if?”, “Resilience” e “The Final Rescue”, cheganado então o final do primeiro ato.

Após uma pausa para sequência, aparentemente o som mudou e o show ali já estava “acertado”. Vimos as luzes voltarem e o palco se acender novamente. Então surgia no telão a familiar imagem do mago que ilustra a capa do album “Ritual”. A banda sobe novamente ao palco já ao som de “Here I Am” e emendando o hino “Distant Thunder” com belíssima introdução de Hugo, levando o público ao delírio absoluto.

Seguimos então com as canções “For Tomorrow”, “Time Will Come”, “Over Your Head”, e “Fairy Tale”, com Alirio ao piano, que inclusive tirou lágrimas de Hugo Mariutti ao fazer mashup de “Who Whant to Live Forever” do Queen ao fim da canção. Um detalhe interessante de frisar é que Alirio foi e vocalista do tributo ao Queen chamado “Queen Extravaganza” e fez o musical ” We Will Rock You”, inspirado na trajetória do Queen.

O repertório seguiu com Alirio chamando ao palco Karina Menáce e Fernando Quesada ( Nocturnall) para executar “Blind Spell” e “Ritual” e em “Pride”, com o retorno de Luis Mariutti ao palco e uma declaração emocionante sobre sua saúde e a incerteza do mesmo em estar presente naquele momento. Tivemos a participação especial de Bruno Sutter e Rafael Bittencourt, momento esse que surpreendeu a todos presentes.

Essa segunda metade da apresentação foi um turbilhão de emoções, sendo talvez o ponto mais alto do show, mas não antes de nos presentear com a união de Rafael, Hugo, Luiz, Alirio e Ricardo Confessori para executar “Carry On”.

Mesmo com os problemas técnicos, definitivamente essa foi uma noite para ficar na memória. Ainda mais considerando todo momento de retomada em que a banda está vivendo, e também pela nostalgia que o Shaman traz naturalmente, principalmente após a partida precoce de André Matos.

Definitivamente, podemos perceber que Alírio está assumindo os vocais do Shaman com a mesma maestria que o saudoso vocalista fundador tinha. Isso sem falar na atuação dele como frontman, que lembra bastante a de André e sob um grande clima de festa. E com este clima de renascimento a apresentação do Shaman na Audio chegava ao seu fim.

 

SETLIST

Primeiro Ato

01.Time Is Running Out

02.The “I” Inside

03.Don’t Let It Rain

04.Where Are You Now?

05.The Spirit

06.Gone Too Soon

07.The Boundaries Of Heaven

08.Brand New Me

09.What If?

10.Resilience

11.The Final Rescue

 

Segundo Ato

12.Here I Am

13.Distant Thunder

14.For Tomorrow

15.Time Will Come

16.Over Your Head

17.Fairy Tale

18.Blind Spell

19.Ritual

20.Pride

21.Carry On

22.Turn Away


Audio Club

Data: 31/07/22

Horário: 19h

Av. Francisco Matarazzo, 694 - Água Branca