Resenha de Show

SWR Barroselas retorna em versão reduzida mas ainda imponente

Jéssica Marinho/Headbangers News

O SWR Barroselas Metalfest comemorou o 25º aniversário –  aconteceu pela primeira em 1998 -, neste final de semana com uma versão reduzida mas com a mesma energia e grandiosidade das outras edições. Por causa do impacto da pandemia de covid-19, os produtores tiveram de adiar o festival e resolveram retornar em 2022 com uma edição de dois dias, a que deu o nome de SWR Feast.

Fomos convidados para conhecer o festival mais tradicional e antigo de Portugal, no qual é possível comparar ao Setembro Negro que existe no Brasil, com bandas undergrounds do black, death e thrash metal – e seus derivados. Reunindo artistas do mundo todo, o evento acontece anualmente em Barroselas, na cidade de Viana do Castelo, e que reúne um público muito hospitaleiro e animado.

Durante o festival aconteceu a final da Metal Battle Portugal para escolher quem vai representar Portugal no Wacken Open Air, na Alemanha, em agosto, no qual as bandas Boulder, Grievance e Speedemon estavam competindo – esta última foi a que abriu o primeiro dia do festival, na sexta-feira (29), que começou às 19:30H no palco SWR Café.

Seguindo a primeira noite do festival, que estava divido em apenas dois palcos – SWR Café e SWR Arena – acompanhamos os norte-americanos Skeletal Remains, os polacos MGLA, os suecos Nekromant e os noruegueses Deathhammer, além dos portugueses BESTA – banda que já é bem conhecida dos brasileiros. Todas as bandas entregaram ótimas apresentações, mas o destaque da primeira noite fica com MGLA e Grievance – que era nossa torcida na Metal Battle Portugal.

O segundo, sábado (30), dia contou com o show mais esperado por todos: Autopsy. Os norte-americanos fizeram o melhor show do SWR Feast, tocando os clássicos e esbanjando carisma – além de realizar um Meet and Great na tarde de sábado. Outro destaque da noite foi a banda sueca Birdflesh, que traz um grindcore com letras bem humoradas e figurino exuberante. Completando o line-up de sábado, presenciamos shows do  Alcoholocaust, Equaleft, Sijjin, Simbiose, Fili Nigrantium Infernalium e a portuguesa Midnight Priest – outra banda muito conhecida no Brasil.

SWR Barroselas Metalfest provou que segue grandioso e com toda a energia de um grande festival. Era satisfatório ver no olhar do público a emoção em ver que tudo estava voltando ao normal e que podiam curtir seu festival preferido, com grandes bandas com um lineup que soube dosar bandas novatas e veteranas da cena do metal. Estamos ansiosos para a próxima edição do SWR Barroselas Metalfest.

Jéssica Marinho/Headbangers News