Resenha de Show

The Hellacopters contagia o público com o bom rock and roll em São Paulo

Carlos Pupo/Headbangers News

Foi uma noite quente, em todos os sentidos. Poderia ser resumida assim a apresentação da banda sueca The Hellacopters no Carioca Club, em São Paulo, no último sábado, 14 de março de 2020. O público suava com o calor dentro da casa de shows, sutiãs voavam no palco, e o hard rock viceral com garage punk, mistura revivalista de um rock and roll mais genuíno, estimulava os fãs a agitarem ensandecidamente.

As bandas de abertura Urutu e Corazones Muertos fizeram sua parte, enquanto o Carioca Club lotava cada vez mais. Apesar da ameaça do Coronavírus (Covid-19), que causou dezenas de cancelamentos de shows de última hora e uma recomendação da Prefeitura de São Paulo para o cancelamento de todos os eventos de massa com mais de 500 pessoas, o público veio com todo o entusiasmo (alguns de máscara de proteção).

Quando chegou a hora mais esperada, a empolgação foi crescendo e explodiu com a sonoplastia do helicóptero e os primeiros acordes de “Hopeless Case Of A Kid In Denial”, com todo mundo pulando e gritando em uníssono.

A temperatura permaneceu constante música após música, fazendo o suor evaporar e mantendo a euforia em alta. E assim se seguiram músicas bem conhecidas dos fãs”Alright Already Now”, “Carry Me Home”, “You Are Nothing”, “Born Broke”, entre outras.

Cabe aqui destacar o talento de Nicke Andersson, que acompanho mais de perto desde o primeiro show que pude testemunhar da banda aqui no Brasil, uma abertura magistral para o Sepultura e o Deep Purple no Kaiser Music em 2003. Eu conhecia o como baterista do Entombed, porque sempre fui mais ligado à música extrema, mas aquela apresentação foi especial com a tour de High Visibility.

Sua colaboração de guitarras com Dreguen (Backyard Babies) impressiona ao vivo. O frontman e seu parceiro deixam a galera elétrica e testemunhei algumas fãs chorando copiosamente ao verem seus ídolos de perto. A renovação de sua base de seguidores também é algo a ser destacado, muitos jovens entre 18 a 25 anos estavam presentes no show deste sábado.

Apesar do grande hiato que tiveram, de 2008 a 2016 com projetos paralelos, parece que foi algo benéfico e necessário para renovar as energias. É inegável a importância deles para dar novo fôlego ao rock and roll.

Quando ouvimos o hit “By The Grace Of God”, uma das músicas que não poderia faltar no setlist na capital paulista, podemos entender o motivo da energia crescente na platéia. Música para cantar junto, para pular, para festejar. Afinal o que é o rock and roll?

Muito mais que música, é um estilo de vida e atitude. Isso o The Hellacopters tem de sobra.

The Hellacopters

Corazones Muertos

Urutu


Setlist:
1. Hopeless Case of a Kid in Denial
2. Alright Already Now
3. Carry Me Home
4. You Are Nothin'
5. Born Broke
6. Like No Other Man
7. The Devil Stole the Beat From the Lord
8. My Mephistophelean Creed
9. Ghoul School
10. No Angel to Lay Me Away
11. Toys and Flavors
12. Down on Freestreet
13. Long Gone Losers
14. No Song Unheard
15. Psyched Out & Furious
16. Before the Fall
17. Soulseller
18. By the Grace of God
Encore:
19. Tab
20. I'm in the Band
21. (Gotta Get Some Action) Now!

Carioca Club

Data: 14/03/20

Horário: 17H

Rua Cardeal Arcoverde, 2899 - Pinheiros

Continua depois da publicidade