Notícias

Endigna lança clipe do single ‘Hands on My Face’

A banda paulista Endigna, formada por Thaís Amaral (vocal), Gustavo Puff (guitarra), Bruno Mota (baixo) e Tiago Sorrentino (bateria), antecipa o álbum “Otherside” com o lançamento do single e videoclipe da faixa “Hands on My Face”. “O primeiro single da Endigna com a nova formação! A música foi composta em meio à pandemia e se trata de um breve desabafo sobre a pressão e a incerteza no período de isolamento e lockdown que o mundo inteiro presenciou. Ela também aborda momentos de reflexão sobre as pessoas que infelizmente acabaram tirando suas próprias vidas por diversos motivos no período mais severo da pandemia. Em alguns países, o número de mortos pela Covid-19 ultrapassava a marca diária de 3 mil vítimas”, explanou Thaís Amaral.

Musicalmente, a Endigna apostou em uma linguagem musical inovadora e atual, utilizando elementos eletrônicos fazendo contraponto com as afinações graves e os vocais doces e guturais de Thais Amaral. “Musicalmente, ela traz como inspiração bandas como Spiritbox, Ice Nine Kills e passando por nomes consagrados como Nine Inch Nails”, detalhou Tiago Sorrentino.

Com mixagem e masterização de Bruno Bassani, o álbum “Otherside”, sucessor de “Soldado Não Para” (2014), trará 10 faixas e marcará uma nova fase para a banda, criada em 2007 em Taboão da Serra (SP). “A Endigna tem como principal proposta mostrar o lado mais agressivo do metal, flertando com inúmeras vertentes do gênero com letras em português e inglês, que têm um sentido dualista em suas composições, em que apresento um vocal oscilando técnicas vocais limpas e guturais”, destacou Thaís Amaral. “Nosso primeiro álbum terá uma sonoridade marcada pela união do metal moderno com nossas raízes old school”, completou o guitarrista Gustavo Puff.

Com o álbum de estreia, a Endigna teve sua música tocando em rádios como Kiss FM e 89 FM, sendo indicada como revelação no Programa Domingão do Faustão, então na Rede Globo. Após alguns videoclipes, veio o single “De mãos Dadas” em 2018, mesmo ano em que a banda recebeu convite para abrir o primeiro show dos ucranianos do Jinjer. Dois anos depois, em novembro de 2020, veio o EP de seis faixas ”ERA 13″, lançado em formato de live por conta da pandemia no ‘Festival Girls Rock’. Na ocasião, a Endigna concorreu com centenas de bandas e chegou à final como uma das vencedoras. O festival foi idealizado pela Rádio Kiss FM juntamente com a produtora Top Link Music, do empresário Paulo Baron.

Ao longo de sua trajetória, a banda participou de shows com grandes nomes do cenário nacional, como Nervosa, Torture Squad, Claustrofobia, Ratos de Porão e Project46. “Estar no palco é a realização de tudo que fazemos. Esperamos poder fazer muitos shows para promover o novo trabalho”, concluiu Thaís Amaral.

Mídias sociais:
https://www.facebook.com/bandaendigna
https://www.instagram.com/endigna.oficial
https://www.youtube.com/c/ENDIGNAOFFICIAL

Spotify: https://tinyurl.com/2p83237w

E-mail: endignametal@gmail.com