Notícias

Entre Chile e Brasil, Mameloko lança o diversificado ‘Sobrevivientes’

Gustavo Alves/Divulgação

Mameloko é uma banda internacional, composta pelo norte-americano Jim Boone (vocal e guitarra, radicado no Brasil) e pelos chilenos Capitan Carajo (bateria) and Sexbasstian (baixocelo). A pluralidade de referências resulta no EP ‘Sobrevivientes’, com quatro faixas, lançado mundialmente pela Abraxas Records no streaming: https://album.link/NfFnd6rqgTHrh.

O background de sonoridades distintas, em Sobrevivientes, pavimenta o autêntico punk western do Mameloko. Mistura tons de guitarras surf, slaps de baixo e batidas hipnotizantes na bateria, além de vocais com drive em espanhol e inglês.

A sonoridade e o visual da banda leva o ouvinte a desejar rodar estradas, em uma motocicleta, entre as monumentais montanhas dos Andes no entorno de Santiago, num clima desértico psicodélico.

O EP abre com o single Sobrevivientes, a cara do punk western do Mameloko. Aqui, Jim canta com falsete a la Hank Williams, cantor e compositor ícone da música country.

Em seguida, Baila Animal é mais leve e divertida, com participação da vocalista do Voodoo Zombie, Katona Kat. A música é tema do primeiro videoclipe da banda, que sai no mesmo dia do EP.

The Dark é outra composição de Jim que estava na gaveta, assim como Sobrevivientes. Ele mostrou à banda e cada um contribuiu com seu instrumento. A letra foi adaptada ao momento do Chile: uma crítica ao abuso da polícia militarizada do país, que usa de violência extrema contra os cidadãos em nome de um presidente – Sebastián Piñera – ameaçado no poder.

Um segundo EP está previsto para 2020, ainda em produção. Para 2021, assim que as fronteiras abrirem e a indústria do entretenimento voltar à normalidade, ou perto disso, Jim voltará para Santiago do Chile no intuito de gravar um terceiro EP e, logo em seguida, sair em turnê.

Mameloko nas redes

instagram.com/mameloko_official

www.facebook.com/mamelokoofficial

Continua depois da publicidade