Notícias

Headbangers News Indica: lançamentos de rock e metal de bandas independentes

Headbangers News apresenta os melhores lançamentos de Rock e Metal das bandas independentes com um mix de músicas essenciais que você precisa conhecer. Talvez você até descubra uma nova banda preferida para adicionar na playlist. Confira todas as indicações em nossa playlist no Youtube.

 

01 – Naëve – “Down The Rabbit Hole”

O projeto Naëve compartillha o novo single, chamado “Down The Rabbit Hole” – sim, é uma alusão ao Alice no País das Maravilhas. “Descendo a toca do coelho” é uma visão de quando as coisas simplesmente não estão boas, com uma sonoridade única.

“Down The Rabbit Hole” é o single que mais define este projeto inusitado que não segue suas diretrizes musicais típicas. Armados com um estilo musical que chama de Retro Groove’, é possível identificar elementos fortes de jazz e cigano. Já a letra da música é sobre como às vezes em nossa vida encontramos pessoas que tentam diminuir nosso valor para seu benefício exclusivo. Tudo isso cantado com belos vocais que remetem ao circo e burlesco dos anos 50 – aliás, lembra muito a Emilie Autumn.

O projeto nasceu do desejo instintivo de fugir da rotina diária, quebrando as regras em busca da felicidade. Naëve é uma Alice no País das Maravilhas moderna. Ela é o olhar inocente de uma criança que vê o mundo com otimismo apesar de tudo. Sua música é um novo gênero híbrido que ela chamou de ‘Retro Groove’, originado da fusão, subgêneros, que evoluem em torno das diferenças por gênero, vistas como semelhanças durante o processo de composição.

Acompanhe Naëve nas redes sociais:

https://www.instagram.com/naeve.official/
https://www.naeveofficial.com/
https://www.facebook.com/naeveofficial

02 – Lupe Dragon – “Distance (feat. Samad Savage)”

A uma cantora e compositora promissora do norte de Nova Jersey, Lupe Dragon, lança a adorável música indie-alternativa, intitulada, “Distance”, com Samad Savage. A música chega com um animado videoclipe, onde a capa do single também mostra a energia da canção, junto com a energia do basquete e a voz angelical de Lupe.

“’Distance’ é uma música sobre como se levantar quando você está deprimido após o término de um relacionamento. Isso lhe dá esperança de que você vai fazer as pazes à medida que avança” , explica a cantora. A canção possui instrumentação carregada de guitarra temperada com uma vibração indie alternativa e tons acústicos. Além disso, “Distance” serve como um saboroso aperitivo para o que os ouvintes podem esperar dos próximos lançamentos de Lupe.

Lupe Dragon é uma cantora e compositora alternativa do norte de Nova Jersey. Ela já se apresentou em várias partes de New Jersey. Com o estilo de escrita de Ed Sheeran, a arrogância de Billie Eilish e uma voz semelhante a nomes como Hayley Williams (Paramore) e Alanis Morisette, ela é uma potência feminina. Em 2019 lançou o EP ‘Can’t Even Stand It’. Em 2020, o remix de sua canção de sucesso “Not The Same (Out of Spite) com o artista rap Aarvee, e seu single” Happiness “,” Butterflies “, e em 2021 seu EP acústico ‘Bedroom Files Vol. 1’.

Acompanhe Lupe Dragon nas redes sociais:

https://www.lupedragon.com/
https://www.facebook.com/lupedragon
https://www.instagram.com/lupedragon

03 – ALESTI – “Disconnected”

O músico e produtor ALESTI lança seu novo single, intitulado “Disconnected”. Uma canção sobre sobre se perder, perder seu lugar no mundo, perder de vista o que é importante para você e perder a conexão com as pessoas ao seu redor. “Minhas letras são em sua maioria bastante ambíguas, mas esta provavelmente é sobre os tempos que passamos (e atualmente nos encontramos) com a pandemia corona”, comenta ALESTI.

“Disconnected” é uma mistura de elementos eletrônicos e metal, tornando algo parecido com metal industrial – mas com alguns toques a mais. A primeira impressão é uma música mais eletrônica, mas conforme a sonoridade segue, aparecem riffs pesados, e para a surpresa, vocais limpos feitos pelo convidado Telle Smith do The Word Alive. Aqui temos uma mistura de música eletrônica, drum and bass, techno, nu metal e elementos orquestrais, combinando múltiplos gêneros de rock progressivo – o que lembra muito o famoso Celldweller.

ALESTI  é um projeto de um homem só. “Escrevo, gravo e produzo música, e apresento diferentes cantores de classe mundial que realmente amo ouvir em cada faixa. Eu os peço para tocar todos os vocais da faixa, e então eu a lanço! É um verdadeiro projeto de música DIY, feito em casa, que você não vê muito no gênero metal”, explica o artista.

Acompanhe ALESTI nas redes sociais:

https://www.facebook.com/iamalesti
https://www.instagram.com/iamalesti/

04 – Snap Infraction – “Repeat Offender”

A banda Snap Infraction compartilha o single duplo “Repeat Offender / We Both Believe”, música que é gravada e mixado pela própria banda.

“Não somos realmente uma ‘banda de riff'”, explica o guitarrista Steve Karsch. E além disso, é uma banda envolvente que remete muito aos hist de rock dos anos 80, como a clássica banda TOTO, com excelente desempenho de melodias cativantes e melodias requintadas. Duas músicas eletrizantes e psicodélicas, com sobrecarga supersônica de bateria, baixo ambulante e vocais melódicos.

Este é o sexto e último single do ano do Snap Infraction, seguindo seus lançamentos anteriores “Second Chance” e “Take The Blame”. Com uma ponte psicodélica, o Snap Infraction fecha o ano da melhor maneira possível. Eles também fizeram sua primeira aparição ao vivo em 4 anos (!) No Arlene’s Grocery em Nova York.

Acompanhe Snap Infraction nas redes sociais:

https://snapinfraction.com/
https://www.facebook.com/snapinfraction
https://www.instagram.com/snapinfraction/

05 – Mark Strang – “Strong Like Bull”

O cantor, compositor e produtor australiano de rock alternativo Mark Strang lançou recentemente um novo single “Strong Like Bull”, para promover o álbum de estreia intitulado ‘Howl At The Moon’.

“Strong Like Bull” já chama atenção pelos vocais poderosos de Mark, que lembram os clássicos vocalistas grunges e alternativos dos anos 90, e que casam perfeitamente com com os riffs de guitarra melódicos e acordes . Está é uma poderosa composição de rock alternativo que também inclui porções generosas de rock clássico e hard rock, mas tudo com uma produção moderna.

Mark Strang declarou que o disco ‘Howl At The Moon’ é um trabalho de amor e uma homenagem aos músicos de rock do passado e do presente que dedicam seus dias à busca da música. Tudo soa tremendo devido às idéias brilhantes e excepcional musicalidade investida nele.

Acompanhe Mark Strang nas redes sociais:

https://www.facebook.com/mark.strang.music
https://www.instagram.com/mark.strang.music

06 – AJ Smith – “Lonely Year”

O cantor e compositor americano AJ Smith compartilha mais um single de sucesso, intitulado “Lonely Year”.

AJ Smith é único por deixar o clima, o tom, o timbre e tudo o mais eternamente otimista em sua música, e é isso que cativa tantos fãs. “Lonely Year” é uma mistura orquestrada de instrumentos acústicos e eletrônicos, que apesar de ser bem voltada para a música pop, há pitada de rock’n’roll. A música é bem intimista e mostra a capacidade do artista em expressar tantos sentimentos através de suas músicas, através de sua voz, perfeita para ouvintes tradicionais, com um alcance significativo.

No ensino médio, Smith atuou como um jovem violinista associado da National Symphony Orchestra, ao mesmo tempo em que atuava como engenheiro e desenvolvedor de sistemas infravermelhos para o Laboratório de Pesquisa Naval dos EUA. Depois de escolher o caminho da música em vez da engenharia e aperfeiçoar seu ofício na NYU, Smith agora toca 10 instrumentos e atualmente está criando sucessos pop que você não poderá evitar.

Acompanhe AJ Smith nas redes sociais:

https://www.facebook.com/ajsmithmusic
https://www.ajsmithmusic.com/