Notícias

Headbangers News Indica: lançamentos de rock e metal de bandas independentes

Headbangers News apresenta os melhores lançamentos de Rock e Metal das bandas independentes com um mix de músicas essenciais que você precisa conhecer. Talvez você até descubra uma nova banda preferida para adicionar na playlist. Confira todas as indicações em nossa playlist no Youtube.

 

01- Bringer of Light – ‘Dexter…and The Code Of Harry’

O duo americano de deathcore lança o EP, intitulado Bringer of Light – ‘Dexter…and The Code Of Harry’.

Este é o segundo lançamento da banda, um EP conceito de três canções baseado na série de sucesso Showtime. Assim como o enredo sugere, aqui temos  riffs brutais, bateria enorme e vocais guturais que certamente agradarão os fãs de deathcore e metalcore, com letras de horror baseadas em serial killer.

A banda possui nítidas referências de THY ART IS MURDER, com uma compreensão sonora invejável. Os vocais de Mike OB mesclam entre gutural agudo e grave, os riffs de guitarra são pesados na medida certa. Aqui você encontra blast beats, metalcore breakdowns, vocais e riffs de death metal. Bringer of Light usou a fórmula que já existe mas soube criar algo perfeito com a qualidade técnica esperada.

Acompanhe Bringer of Light nas redes sociais:

https://www.facebook.com/Bringer-of-Light-104982485024036

02 – Kevin Rieth – “Hug The Line”

O projeto de rock alternativo idealizado pelo multi-instrumentista e cantor Kevin Rieth lança o novo single, intitulado “Hug The Line”. Este é o primeiro single do álbum ‘Up & Up’.

“Hug The Line” é uma mistura de sonoridade, e o que chama atenção são os riffs de guitarra (a la Pink Floyd), e os vocais suaves, onde em tudo o que o cantor está dizendo é coerente. A faixa tem uma  batida lenta e uma reverberação suave na guitarra elétrica encantadora, um essência que só bandas britânicas conseguem.

Kevin Rieth é fortemente inspirado por músicos do Reino Unido, incluindo Amy Winehouse, The Kinks, Adele e outros. Ele é um grande fã de Beatles desde criança. Kevin Rieth está emocionado por entrar no cenário musical do Reino Unido ao lado de seus colegas de banda, embora ele seja originalmente de San Diego, Califórnia.

Acompanhe Kevin Rieth nas redes sociais:

https://www.facebook.com/kevinriethmusic
https://www.instagram.com/kevinriethmusic/

03 – One Haven – “Ember”

O projeto One Haven acaba de lançar o novo single “Ember”, o terceiro da carreira.

“Ember” mistura um som folk-rock com vocais e letras profundas, mas também traz referências do rock dos anos 90, algo visto em bandas como Creed e  3 Doors Down – principalmente pelo voz baixa, rouca e emocional. A música é uma balada de rock alternativo que abraça a vulnerabilidade que é evidente através do dueto.

“Ember” é uma canção sobre o poder transformador do amor e a dor que as acompanha que às vezes vem com a mudança, perda potencial, nova consciência e a matança de demônios internos. Escrita por Jason Taylor (compositor principal, guitarra e vocal) antes de ele partir para alguns meses de treinamento militar, a música reflete a angústia de se separar de quem você gosta e o reflexo que vem com a separação iminente no meio de tribulações internas. Os vocais femininos da faixa são feitos pela esposa de Jason, Jen Taylor, que ajudou a co-escrever as letras. O som do violoncelo é um e-arco na guitarra elétrica feito pelo produtor da banda, Dean Scott.

 

Acompanhe One Haven nas redes sociais:

https://www.facebook.com/One-Haven-108264901613989/
https://unitedmasters.com/one-haven
https://www.instagram.com/onehavenband/

04- Insane Blue – ‘A State Of Mental Confusion’

A banda francesa Insane Blue lança o álbum de estreia ‘A State Of Mental Confusion’, com um estilo de indie rock bem intenso.

Com influências que vão de Radiohead a Jeff Buckley, Insane Blue é repleto de riqueza de cima a baixo, tudo isso com uma sonoridade de rock alternativo bem rica e composta. ‘A State Of Mental Confusion’ tem paisagens sonoras ponderadas que possuem um tamanho e uma profundidade que deixam os ouvintes imerso o tempo todo, algo difícil de encontrar em bandas atualmente.

Projeto de dois primos, Philippe e Paul, que tocam juntos desde os anos 90, De lá, até 2003, os dois forneceram os vocais e violão e receberam uma infinidade de artistas convidados para tocar ao lado deles. Insane Blue é um rock de origem francesa que se destaca em trazer diversas paisagens sonoras a cada disco que lança.

Acompanhe Insane Blue nas redes sociais:

https://www.facebook.com/insaneblue
https://insaneblue.bandcamp.com/
https://www.instagram.com/i_n_s_a_n_e_blue/

05 – The Egery – “Ø U”

O misterioso projeto one man band The Egery compartilha o single de estreia “Ø U”. O primeiro trabalho do artista que é bem peculiar.

Ao olhar a estética do artista The Egery logo imaginamos um som black metal bem pesado, e para a surpresa, quando apertar o play virá um rock’n’roll alternativo, no qual o artista descreve como “rock oculto”. “Ø U” traz muitas referências, desde rock dos anos 90/2000 até sonoridades mais modernas. Os vocais são limpos e lembram algo como os vocalistas do pop punk. O que chama atenção nesta canção são os riffs e solos de guitarra, bem trabalhados e ótimos de ouvir.

Assim como The Egery se descreve nas redes sociais “ninguém conhece o anônimo”, é a realidade. Não há muito sobre o homem por trás deste projeto, apenas seus dois singles, “Ø U” e o recém-lançado ” The End Of Everything”, ambos disponíveis nas plataformas digitais.

 

Acompanhe The Egery nas redes sociais:

https://linktr.ee/theegery
https://www.instagram.com/the_egery/

06 – Stephen James Orr – “Losing Time”

O multi-instrumentista / produtor de Toronto, Canadá, Stephen James Orr, lança o novo single, intitulado “Losing Time”.

“Losing Time” traz Michelle Challice nos vocais (Neon Pony with Orr), e essa parceria rendeu uma grande canção de rock alternativo, que consegue ser suave e pesada. Com  sintetizadores, riffs de guitarra, linhas de baixo melódicas  e bateria sincronizada, as letras da música tratam de superar as influências de outras pessoas em sua vida e perseguir seus sonhos. “Losing Time” culmina uma energia emocionante, um dueto que casou perfeitamente, criando uma das melhores canções dessa semana.

Enraizado em indie rock baseado em riffs e grooves de soul, Stephen James Orr lançou 6 singles este ano, que estarão em seu álbum de estreia a ser lançado em 2022. Cada música apresenta um vocalista diferente, bem como a arte de um ilustrador diferente .

Acompanhe Stephen James Orr nas redes sociais:

https://www.facebook.com/stephen.orr.37
https://stephenjamesorr.bandcamp.com/
https://www.instagram.com/stephenjamesorr/