Notícias

Headbangers News Indica: lançamentos de rock e metal de bandas independentes

Headbangers News apresenta os melhores lançamentos de Rock e Metal das bandas independentes com um mix de músicas essenciais que você precisa conhecer. Talvez você até descubra uma nova banda preferida para adicionar na playlist. Confira todas as indicações em nossa playlist no Youtube.

 

01 – Mono XL – “Brown Eyes”

O artista Mono XL, baseado em Londres, Reino Unido, lançou um novo single, intitulado “ Brown Eyes ”.

“Brown Eyes” apresenta vocais de sintetizador brilhantes acompanhados por ritmos eletrônicos, notas graves profundas e melodias de guitarra carregadas de reverberação, criando um sentimento que é ao mesmo tempo melancólico e otimista. Uma canção que lembra muito os hits do duo Pet Shop Boys com uma pitada de indie rock moderno. Com um instrumental psicodélico, a canção transmite a sensação de nostalgia, muitas lembranças de bandas da época new wave com muitos riffs de guitarra.

Mono XL é o projeto mais recente e pessoal do frontman multi-instrumentista Mike de Lis. Inicialmente um projeto solo, de Lis está encontrando sua própria voz no Mono XL, que pode ser descrito como uma combinação nostálgica de ritmos dos anos 80, riffs de sintetizadores e atmosferas, ao lado de guitarras de rock e melodias reconhecíveis. Inspirado por uma ampla gama de influências, que vão de Bowie a Prince, Hot Chip, Moderat, The Voidz e Radiohead, a música de de Lis como Mono XL não é fácil de identificar em nenhum gênero.

Acompanhe Mono XL nas redes sociais:

https://monoxl.bandcamp.com/releases
https://www.instagram.com/mono.xl/

02 – Carpe Diem – “Shadow”

A dupla indie de Hong Kong Carpe Diem está de volta com seu novo single, intitulado “Shadow”.

“Shadow” é uma bela canção, cheia de sentimentos – e transmite a mesma sensação da clássica Blackmore’s Night. É uma música sombria e ventosa em camadas de mistério, com notas pesadas de cordas incutindo ainda mais a sensação de inevitável. Os vocais são lindos de uma forma sombria, fazendo a música soar como uma variante folk, mas com um solo de guitarra bem cativante quase ao final da canção, trazendo paisagens sonoras energizadas.

A dupla formada pelo guitarrista Keith e pela vocalista Ada faz jus ao significado fazendo belas e assombrosas canções com letras profundas influenciadas por aspectos da vida, dissecando seu significado central. A dupla é diversificada – anteriormente eu tinha o gosto de seu som suave de inspiração folk terrena que acariciava como os raios do sol de verão.

Acompanhe Carpe Diem nas redes sociais:

https://www.facebook.com/CarpeDiem.hkmusic
https://www.instagram.com/carpediem.hkmusic/
https://m.soundcloud.com/user-397353701

03 – The Breakdown – “King Of The Hill”

Abanda de rock britânica The Breakdown lança o novo single “King Of The Hill”.

“King Of The Hill” começa com bons riffs de guitarra ao estilo garage rock, e esses riff seguem por toda a canção. As melodias e letras de Mike Connell são igualmente peculiares e fatalistas, casando perfeitamente para criar uma ótima canção. A natureza vanguardista é o que chama atenção nesta canção, utilizando muito sintetizador e vocais com timbres diferentes de tudo que já ouvimos, mas a canção também consegue trazer um pouco do garage rock dos anos 90, deixando um gostinho nostalgico.

The Breakdown é um quarteto de Indie Rock baseado em Londres, Reino Unido. Influenciado e inspirado por nomes como The Jam, XTC e The Smiths , o quarteto tem um som excepcionalmente brilhante. O Breakdown é composto pelo cantor e tecladista Mike Connell, os guitarristas Richard Gale e Andy Strevens e o baterista Toby Young.

Acompanhe The Breakdown nas redes sociais:

https://thebreakdown.band
https://www.facebook.com/WeAreTheBreakdown/
https://soundcloud.com/user-213777296

04 – Sweet, Coins!  – “Worth It”

O quinteto de Hatfield, Sweet Coins, revelou no dia 14 de janeiro seu novo single “Worth It”. A nova faixa é seu quarto single de todos os tempos e é uma introdução perfeita para a banda.

“Worth It” é ousado e tem tudo para se tornar um hino. Com as guitarras poderosas e os vocais bastante dominantes que adornam a faixa dão ao ouvinte a impressão de que esta faixa não fica abaixo do ritmo acelerado de um hino.

Podemos observar muita influência de pop punk e bandas clássicas da época do emo, como Fall Out Boy e Simple Plan. para amantes desse estilo, está é a canção perfeita, que faz o ouvinte cantar o refrão com toda energia e banguear ao som do solo de guitarra que é melódico, como manda o estilo.

Acompanhe Sweet, Coins! nas redes sociais:

https://www.facebook.com/SweetCoinsUK
https://www.instagram.com/sweetcoinsuk/
https://sweetcoinsuk.bandcamp.com/

05 – Courtney Nord – ‘Wonderland’

A artista Courtney Nord compartilha seu álbum de estreia, intitulado ‘Wonderland’. O disco é viagem maravilhosa e cheia de influências.

‘Wonderland’ é uma imersão ao mundo da artista, onde o propósito é buscar a felicidade, a admiração e o amor. Durante a audição é possível perceber diversas influências da artista, que vão desde Lana Del Rey até bandas mais góticas como Sirenia e Liv Kristine – Courtney lembra muito o tom de voz destas cantoras. Courtney sabe usar muito bem seu dom, com vocais doces, suaves e em alguns momentos sussurrados, casando com a sonoridade densa e envolvente. ‘Wonderland’ é incrivelmente libertador.

Compositora, produtora e guitarrista de Los Angeles. Escreve canções desde jovem, teve aulas de música durante toda a minha infância. Toca violão há mais de 10 anos e influenciada por todos os tipos de Rock, Trip hop e música pop cinematográfica ao longo das décadas. Mais conhecido por “Nostalgia in Wonderland”,  recebeu um prêmio de melhor videoclipe através do Chicago Indie Film Awards.

Acompanhe Courtney Nord nas redes sociais:

http://courtneynord.rocks
https://courtneynord.bandcamp.com/releases
https://www.instagram.com/daughterovthewater/

06 – Kayble – “Thorns In A Glass House”

O projeto solo de Ben Kay, Kayble, acaba de lançar uma nova música chamada “Thorns In A Glass House”.

“Thorns In A Glass House” é mais maduro, desenvolvido e medido do que o primeiro single, e traz a mistura única de trip-hop e art rock em uma peça hipnótica e evocativa. É transcendente, etéreo e absolutamente encantador ao longo de seus quatro minutos de duração. Uma peça perfeita de rock artístico translúcido e psicodélico com a intercalação certa de pop para trazer esse nível extra de emoção.

Kayble é o projeto solo de Ben Kay, ex-vocalista do Self-Recorded e produzido a partir do confinamento de 4 paredes, com apenas um laptop e um guarda-roupa, nasceu o single de estreia do Kayble. Um novo selo de terror alternativo com um tema lírico de escuridão e desespero. Kayble segue a suíte com uma continuação de som alternativo, desta vez misturando uma fusão de Art Rock e Hip Hop com ‘Thorns In A Glass House’. Esta faixa é uma jornada profundamente evocativa, alimentada por um equilíbrio de instrumentação delicada e feroz, agora disponível.

Acompanhe Kayble nas redes sociais:

https://www.facebook.com/KAYBLE.UK/
https://www.instagram.com/k.ayble/