Notícias

Headbangers News Indica: lançamentos de rock e metal de bandas independentes

Headbangers News apresenta os melhores lançamentos de Rock e Metal das bandas independentes com um mix de músicas essenciais que você precisa conhecer. Talvez você até descubra uma nova banda preferida para adicionar na playlist. Confira todas as indicações em nossa playlist no Youtube.

 

01- Ethan Senger – “I’m Fine”

O cantor norte-americano, Ethan Senger,, lançou no último dia 3 de agosto o seu mais recente trabalho, o single I’m Fine”. A canção já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming

“I’m Fine” é uma música cheia de emoções, onde o artista oferece uma abordagem sobre um assunto familiar. Um refrão cativante e letras impactantes consideram o desejo de mais tempo com um amor perdido. Enquanto mergulha neste tópico agridoce, ele continua a envolver os ouvintes com vocais calorosos e instrumentação cinematográfica. Casando com o tema, a faixa apresenta uma guitarra que é tocada levemente em seus ouvidos enquanto as batidas ressoam suavemente em suas veias, e os vocais Ethande estão repletao de uma dor ardente na linha de abertura que puxa as cordas de seu coração.

Ethan Senger é um cantor, compositor e guitarrista da nova safra de músicos que mora na região metropolitana de Atlanta, Geórgia. Ele lançou seu primeiro EP de quatro músicas autointitulado em setembro de 2020. Suas influências musicais incluem John Mayer, Goo Goo Dolls, U2, Rob Thomas e Marcus King, e ele cobre artistas pop, rock e country dos anos 70 até hoje, então há algo para todos os gostos.

Acompanhe Ethan Senger nas redes sociais:

https://ethansenger-musician.com/
https://www.facebook.com/ethansengermusician
https://www.instagram.com/ethansengermusic/

02- Damien – “Human”

O músico australiano de electro-rock, Damien, compartilha seu novo single “Human”.

Damien tem o dom de juntar diversas influências e criar sua própria música e com “Human” mostra também a sua capacidade primitiva de misturar temas políticos e sociais com música eletrônica agressiva. Perfeito para fãs de Nine Inch Nails, Depeche Mode e Marilyn Manson. Cheio de atitude e raiva contra a discriminação, este single carrega o estilo único e graça do artista australiano não binário.

“Gosto de aprender e criar e amo música, arte e cultura. Adoro ler e cantar e experimentar coisas novas como ioga, float tanking, long boarding e pára-quedismo. Sou minimalista na minha vida, mas ainda valorizo ​​a estética do espaço. No mesmo dia, posso assistir a críquete, Mary Poppins e Brooklyn Nine Nine (embora não tenha uma tv) e ouvir Billie Eilish, Nirvana, Metallica, Bjork e Chopin”, conta o cantor, de um jeito simples e despojado.

“Human” precede o novo álbum que será lançado em 2022, intitulado ‘Wrong Age. Wrong Race. Wrong Gender’.

Acompanhe Damien nas redes sociais:

https://www.facebook.com/damiencreates
https://damiencreates.com/
https://www.instagram.com/damiencreates/

03 – Collin Stanley – “Gone Through Hell”

O músico americano Collin Stanley “Gone Through Hell”, o single foi oficialmente publicado no dia 29 de outubro de 2021, e é uma celebração a vida pós pandemia.

“Gone Through Hell” conta um pouco sobre a história de vida de quem conseguiu passar pela difícil fase da quarentena, uma conquista que foi considerado como um caminho pelo inferno. Como os clássicos riffs de Black Stone Cherry e um pouco do funk de Tom Morello, Collin Stanley entrega um som profissional e bem composto.

O artista solo Collin Stanley tem criado ondas poderosas de puro rock e feito movimentos insanos em sua carreira musical. Em 2021, ele havia se estabelecido firmemente na cena musical de Detroit, Michigan. De acordo com Stanley, ele se tornou sinônimo do som selvagem de Garage Rock de alta energia e isso o levou a uma série de realizações essenciais que iluminaram seu caminho em direção aos holofotes a cada passo do caminho.

Acompanhe Collin Stanley nas redes sociais:

https://www.collinstanley.com/
https://www.facebook.com/collinstanleymusic/photos/?ref=page_internal
https://www.instagram.com/collin_stanley/

04 – Rich Chambers  – “High School Can’t Last Forever”

O músico e compositor canadense Rich Chambers está de volta com seu quarto single do ano, intitulado “High School Can’t Last Forever”, que vem acompanhado de uma grande produção em videoclipe.

Após o seu álbum ‘Santa’s Rockin’ Band’, ao final de 2020, o artista chega com grandes lançamentos este ano. Músicas com clima de arena, ao estilo de Bruce Springsteen, e  com a vibe de Brian Adams.

“High School Can’t Last Forever” é mais um super hit do verão, com a animação, ritmo colorido, harmonia e outros elementos do pop rock. Com um equilíbrio perfeito entre o rock antigo e o pop-punk contemporâneo, as canções de Rich têm aquela urgência conhecida muito bem por estudantes do ensino médio, temperada ligeiramente pela perspectiva adulta que conhece as responsabilidades que vêm com o crescimento.

Rich Chambers poderia lhe contar tudo sobre isso. Suas canções atingem um equilíbrio perfeito entre o otimismo do rock antigo e a exuberância do pop-punk contemporâneo.

Acompanhe Rich Chambers nas redes sociais:

https://richchambers.com/
https://www.facebook.com/santasrockinband
https://richchambers.bandcamp.com/releases
https://www.instagram.com/santasrockinband/

 

05- 9 o’clock Nasty – “Sexy Back”

O power trio britânico 9 o’clock Nasty compartilhou o novo single, “Sexy Back”, junto com um videoclipe. O single é a versão da canção de Justin Timberlake, Nate Hills e Tim Mosley. Só que totalmente subvertida para o estilo absurdamente particular do grupo de Leicester.

Esta versão traz riffs poderosos e carregados de “sujeira” das mais envolventes, incorrendo por atmosferas esfumaçadas e lúgubres, mas simultaneamente carregada de groove, remetendo bastante a cena crossover dos anos 90. Aqui temos uma experimentação e um clima “sedutor-bizarro” de alta sinergia hipnótica, culminando com uma encore incrível.

É possível notar que 9 o’clock Nasty flerta com algo verdadeiramente original, nascendo depois que algumas pessoas que se conhecem há anos, e estiveram em muitas bandas diferentes, acabaram se unindo durante toda a experiência do Covid-19. Três garotos que se interessam por canções de garage rock, trip-hop, dub e new wave dos anos 80 e 90, post punk, música eletrônica e indie rock.

Acompanhe 9 o’clock Nasty nas redes sociais:

https://www.facebook.com/9nasty/
https://www.instagram.com/9oclocknasty/
https://9oclocknasty.bandcamp.com/

06- Aura Davis – “What You Love”

A artista Aura Davis é uma artista emergente vinda da Suíça, que está lançando seu novo single, “What You Love”.

“What You Love” explora a coragem de um relacionamento tóxico, ao som de guitarras que transmitem um efeito angustiante que permanece diminuto e brilhante. A bateria, junto com o baixo, mantém um ritmo lento e sombrio. tanto a sonoridade quanto as letras lembram artistas como Adelle e The Cranberries. Sua capacidade de se expressar é incomparável. Ela mostra um grande senso de maturidade e compreensão de si mesma e de sua música.

Davis o levará por uma jornada de suas próprias dores e lutas pessoais, enquanto mostra que nada é muito difícil de superar. Aura lidou com questões relacionadas à saúde mental no passado, as quais ela trabalhou com a ajuda de escrever músicas. Aos 22 anos, ela pegou seu violão novamente e começou a escrever músicas. Citando várias influências, Aura Davis cria uma música assustadoramente catártica.

Acompanhe Aura Davis nas redes sociais:

https://www.instagram.com/thisisauradavis/
https://www.auradavis.com/
https://www.facebook.com/thisisauradavis/