Notícias

Headbangers News Indica: lançamentos independentes do rock e metal alternativo

Headbangers News apresenta os melhores lançamentos de Rock e Metal das bandas independentes com um mix de músicas essenciais que você precisa conhecer. Talvez você até descubra uma nova banda preferida para adicionar na playlist. Confira todas as indicações em nossa playlist no Youtube.

 

01 – The Vonics – “Hypnotic”

The Vonics é uma banda de Rock Alternativo e pop rock alternativo de Dudley. Fundada em 2018, eles nos trazem rock and roll vibrante e dançante. A banda é Scott Robinson (Vocal), Marc Hancox (Guitarra e vocal), Chris Dixon (Guitarra), John Webb (Baixo) e Mark Oliver (Bateria).

Lançando o novo single “Hypnotic”, a banda  traz uma guitarra levemente swingada e hipnotizante. O single é muito forte, expressivo, e chega a ser até sensual com um poder vocal e instrumental.

“Hypnotic” inicia com swing de guitarra, bem suaves e  bateria simples e marcada. Logos e nota influencias de de grupos como Maroon 5 e Ed Sheeran por exemplo. ganhando intensidade a medida que a música avança. O refrão é contagiante e fácil de ser lembrado, o que o torna a canção altamente viciante.

Acompanhe The Vonics nas redes sociais:

https://www.thevonics.com/
https://www.facebook.com/thevonics
https://www.instagram.com/thevonics

02 – Kevin Beadles – “Coming Home”

Nascido em Berkeley, California. Kevin mistura de country contemporâneo e pop retrô e traz consigo o lançamento do single “Coming Home”. O Single lançado 19 de maio fará parte do EP “Beautiful Bastards” que é previsto para sair novembro.

A Faixa “Coming Home” é a típica canção de Country Americana, que fala sobre o sentimento intraduzível que é a saudade, voltar pra casa depois de um longo tempo longe do seu amor e após percorrer as longas e largas estrada das rodovias. A canção leva  muita influencia de artistas como Shooter Jenning, Billy Ray Cyrus e etc, Guitarras com Slide e levadas de violão lentas e marcantes , Não é difícil se identificar com a canção, afinal esta é daquelas músicas que te transportam imediatamente para uma paisagem de estrada e é trilha sonora perfeita para estrada.

A jornada musical de Kevin começou quando criança em Glendale, Califórnia, onde foi criado. Sua mãe comprou para ele um piano usado por US$ 100, e ele nasceu compositor. Ele logo se viu tocando em bandas de Los Angeles. Em 2021, todo o catálogo da Beadles foi licenciado para a Capp Records, especializada em licenciamento de músicas para cinema e televisão.

Acompanhe Kevin Beadles nas redes sociais:

https://kevinbeadles.com
https://www.facebook.com/kevinbeadlesmusic

03 – The Lunar Keys – “Oxygen Type”

Formado Londres por JC(baixo/Vocais),o baterista Dom, Lexi(Teclados) e o guitarrista e também vocal  “The Steve” A banda vem estampando cada vez mais o mainstream do Rock Alternativo. E agora está de lançamento novo: o Single “Oxygen Type”

Com certeza “Oxygen Type”, é um rock pesado e completo. Com um riff de guitarra de abertura, que fará você sentir uma sensação de claustrofóbica mas explosão. Um Rock cintilante como o Rock de grupos como Artic Monkeys e Radiohead, e Foo Fighters tanto liricamente quanto musicalmente, somos confrontados com mais um senso de urgência a cada parte do desenvolvimento – ou mesmo desespero.

A Letra de “Oxygen Type”  conversa diretamente com seu instrumental pedido para o expectador arrancar tudo e qualquer coisa que esteja o “sufocando” ,como teclados orgânicos e guitarras que funcionam como propulsores fervorosamente sobrenatural.

Definitivamente, “Oxygen Type” irá lançar Lunar Keys para um novo patamar astronômico em direção sucesso ao lado de outros grandes nomes do Rock Alternativo.

Acompanhe The Lunar Keys nas redes sociais:

https://thelunarkeys.com/
https://www.facebook.com/TheLunarKeys/
https://www.instagram.com/thelunarkeys/

04 – Lie Supine – “Open Eyes”

Lie Supine foi formado por Zachariah Storm no norte de Gales. A banda nasceu durante a quarentena do Covid em 2021. Zachariah  Através de uma retomada e repaginada de canções antigas que Zachariah reescreveu e redefiniu.

Em  “Open Eyes” Zachariah compartilha os vocais com Gracie Ann King, sua esposa. O Single traz a tona uma atmosfera grunge de Seatle , com forte semelhança em a cançōes de Pearl Jam , Temple of The Dog e Alice in Chains, com vocais calmos e tranquilos mas quase que suplicantes de bandas como Placebo e Dead Can Dance.

A Canção tem uma letra profundamente subjetiva, soando como uma declaração de amor e obsessão de alguém que não consegue abtrair o pensamento no outro. As Guitarras funcionam quase que como um instrumento de hipnose relaxante ressoando junto com os vocais no trecho “This dream will never end ..It’s trapped in your mind “

Definitivamente,“Open Eyes” é a porta de entrada de Zachariah Storm para um cenário prospero no Alternative / Grunge se ele assim quiser.

Acompanhe Lie Supine nas redes sociais:

https://facebook.com/liesupine
https://instagram.com/lie_supine
https://liesupine.bandcamp.com

05 – MonkeyRat – ‘Isolation’

Fundada em 2006, MonkeyRat é formado por Anna Iachino, que é de Québec, Canadá, seu marido e baixista Arnold Ludvig, das Ilhas Faroé, Jens Stoklund na bateria e Alain Apaloo nas guitarras. Anna Iachino é compositora, vocalista, poeta , dançarina e contadora de histórias em suas músicas.

“Isolation” é uma daquelas faixas que facilmente se tornam referencia, nascida de uma experiência claustrofóbica de isolamento em que Anna Iachino e  Arnold Ludvig viveram no outono de 2020, no qual Arnold ficou nas Ilhas Faroé e não conseguiam entrar em contato um com o outro. Este é o som de alguém que está preso em um corpo depressivo e de ansiedade crescente costuma emitir …começa calmo e sussurroso porém quando chegamos em sua metade a atmosfera é outra…Pude me impressionar quando Anna mudou levemente de uma recitação de poema para a mais pura extravasão de energia e expressão da raiva , essa mudança de Intensidade na música para um Rock N Roll nervoso e arrepiantemente nostálgicos carregado de Feeling e presença é quase como se você fundisse Rage Againts The Machine , Black Sabbath e Pekka Pohjola.

O Psychedelic Jazz Rock / Art Rock de MonkeyRat, é implacável e altamente perturbador e latente em ‘Isolation’ talvez exatamente o que Anna quisesse que sentíssemos!?. “Que mundo louco”  essas palavras ressoam assim como “Isolamento” é só isso que posso ouvir e pensar .O equilíbrio entre os instrumentos e toda atmosfera da musica foram bem preservados nesta faixa e isso é algo que você pode notar ao ouvir a inserção de instrumentos na segunda parte da faixa.

No final, Extremamente impressionante e o que a guitarra consegue emitir de emoção junto com Anna é o que mais impressionante é que tudo foi improvisado e não escrito, eu realmente quero ouvir isso ao vivo. Anna Iachino e banda um são geniais. E este trabalho só escancara isso.

Acompanhe MonkeyRat nas redes sociais:

https://www.monkeyratmusic.com/
https://www.facebook.com/monkeyratmusic
https://www.instagram.com/monkeyratmusic/

06 – North Ship – “Plastic House”

Plastic House, é um projeto Indie Rock do artista Tom Golzen que canta, escreve e toca guitarra. O Plastic House já foi assinado com a EMI Alemanha nos anos 90. O som deste projeto evoluiu para mistura instrumentação eletrônica única e lisérgica.

‘A Canção é uma jam de rock alternativo experimentalista e excitantes. O estilo suave é uma reminiscência dos anos 90, e há certamente influencia da psicodélia, o som reverbera em sua cabeça junto com as palavra “plastic house”. Os baixo linear e suave contrapõe com o zumbido das guitarra brilhantes e cristalizantes. Os sintetizadores de Buzz têm uma presença sinistra e crucial para colocar a atmosfera psicodélica na canção.

O lirismo poético de ‘Plastic House’ é interessantemente reflexivo ,trazendo questões sobre nosso modo de pensar e viver ,tratando nossa mente e alma como uma casa “plástica” que muda e se molda de acordo com os percalços e tropeços que enfrentamos, e é ai que devemos nos colocar como personalidade afinal. O próprio Tom Golzen conta que a canção é sobre decisões de personalidade. O poetismo escondido nas letras é grande e constrói uma atmosfera introspectiva. Descobrindo onde a vida pode nos levar, quem podemos ser.

Acompanhe North Ship nas redes sociais:

https://www.facebook.com/North-Ship-484362574928938