Notícias

Hellway Train anuncia retorno e lançamento do EP “Lockdown Reborn”

Fundada por Marc Hellway e Vinícius Thram  em 2010 na cidade de Belo Horizonte, a Hellway Train surgiu com a proposta de resgatar a estética e a sonoridade do hard rock e heavy metal tradicional dos anos 80. Rapidamente a banda se integrou ao rico e tradicional cenário underground de BH, se tornando uma referência local dentro do estilo Hard/Heavy, principalmente devido às apresentação ao vivo, marcadas pela performance ensaiada e muitos efeitos cenográficos.

Em julho de 2014 o primeiro EP – Breaking the Cage – foi lançado de forma totalmente independente. Com sonoridade bastante influenciada pelo hard rock oitentista, o EP recebeu críticas positivas de vários órgãos da imprensa especializada, em especial do tradicional site Metal Temple e da revista brasileira Roadie Crew (#182). O lançamento foi seguido por uma turnê de divulgação que passou pelos principais festivais de Belo Horizonte, diversas cidades do interior de Minas Gerais, São Paulo e Bahia, dentre os quais se destacam os festivais Araraquara Rock (Araraquara – SP 2015), Ruídos no Sertão (Poções – BA 2016) e Tonelada (Pouso Alegre – MG 2015), onde a banda se apresentou ao lado de grandes nomes do underground brasileiro, como Unearthly, Distraught, Dr.Sin, Salário Mínimo, entre outras.

Após um hiato de 5 anos, a Hellway Train retorna com um nova formação e novo EP – Lockdown Reborn. Desta vez com forte direcionamento musical no Heavy Metal tradicional com influências de thrash e speed metal. Gravado, mixado, masterizado e produzido por André Cabelo (Chakal), no tradicional Estúdio Engenho em BH, por onde passaram inúmeras gravações e remasterizações de bandas consagradas do metal nacional.

Com composições feitas durante o período mais duro da pandemia de Covid-19, o EP aborda temas psicológicos relacionados a este período, como na faixa Claustrophobiac, que conta com participação de Daniel Tulher (Payback) nos vocais. Off The Rails/Bombermen, fortemente influenciada pelo metal oitentista, e letra baseada na série de filmes Hellraiser. Metal Widow exalta a cena atual do underground e critica àqueles que vivem somente do passado, e conta com participação do vocalista Casito, da lendária banda mineira Witchhammer. Pride is a Riot adota uma linha um pouco mais hard rock. E, por fim, Desordem/Regressso, faixa cantada em português com referências à várias bandas e músicas do metal brasileiro dos anos 80.

A banda procura selos interessados em colaborar com a prensagem física do novo EP, que será lançado no dia 27 de novembro de 2020 de forma digital, em todas as plataformas de streaming, com exceção da faixa “Desordem/Regresso”, prevista para sair somente no material físico e, posteriormente, como single.

Continua depois da publicidade

Notícias Semelhantes