Notícias

Joey Jordison, baterista co-fundador do Slipknot, morre aos 46 anos

Jordison durante sua passagem pelo Brasil com o Vimic em 2017

Carlos Pupo/Headbangers News

Jordison durante sua passagem pelo Brasil com o Vimic em 2017

Joey Jordison, co-fundador e baterista original do Slipknot, teve seu falecimento divulgado por sua família nesta terça-feira (27). A causa da morte não foi revelada, embora a declaração diga que ele morreu ontem (26) “pacificamente durante o sono”. Ele tinha 46 anos.

“Estamos com o coração partido em compartilhar a notícia de que Joey Jordison, prolífico baterista, músico e artista faleceu pacificamente enquanto dormia em 26 de julho de 2021. Ele tinha 46 anos”, diz o comunicado. “A morte de Joey nos deixou com o coração vazio e sentimentos de tristeza indescritível. Para aqueles que conheceram Joey, entenderam sua inteligência rápida, sua personalidade gentil, coração gigante e seu amor por todas as coisas familiares e musicais. A família de Joey pediu que amigos, fãs e mídia respeitem nossa necessidade de privacidade e paz neste momento incrivelmente difícil. A família fará um funeral privado e pede à mídia e ao público que respeitem seus desejos”.

Jordison integrou o Slipknot desde sua formação em 1995 até sua saída no final de 2013. Ele também foi guitarrista da banda Murderdolls, assim como baterista na Scar the Martyr, na Vimic e na sua banda mais recente, Sinsaenum.

Carlos Pupo/Headbangers News

Em 2016, Jordison revelou que sua saída da banda coincidiu com o diagnóstico de uma doença chamada mielite transversa e afirmou que seus companheiros de banda confundiram seus problemas médicos com um problema de abuso de substâncias. “Eu perdi minhas pernas”, afirmou. “Eu não conseguia mais tocar. Era uma forma de esclerose múltipla, que não desejo nem ao meu pior inimigo.”
Não está claro no depoimento da família se sua condição teve alguma coisa a ver com sua morte.