Notícias

Memory Remains: The Beatles – 57 anos de “Help!”, a trilha sonora do filme homônimo em meio a Beatlemania

Se ontem nós celebramos os 56 anos de “Revolver“, hoje é dia de prestar nossas homenagens a “Help!“, O quinto álbum dos Beatles, lançado em 06 de agosto de 1965 e assunto do nosso Memory Remains deste sábado. Se você perdeu o texto de ontem, poderá conferir clicando AQUI.

Lançado durante o auge da Beatlemania, o álbum foi lançado como trilha sonora do filme homônimo. O quarteto estava no ápice de suas turnês e neste play já começamos a vislumbrar as mudanças que perceberíamos no álbum posterior. Como de praxe, a banda se juntou aí produtor George Martin, no icônico Abbey Road, por onde ficaram entre 15 de fevereiro e 17 de junho daquele ano de 1965.

O álbum conta com alguns grandes clássicos da história da banda: “Ticket to Ride” (canção teoricamente escrita em referência às prostitutas de Hamburgo, onde eles fizeram os primeiros shows da carreira), a faixa título, além de “Yesterday”, a canção mais regravada da história da música. Dois covers também entraram neste álbum: são eles, “Act Nacturally” e “Dizzy, Miss Lazy“.

Help!“, a música, no primeiro momento iria se chamar “Eight Arms to Hold You“. Paul McCartney ajudou John Lennon a melhorar a canção, que ganhou esse refrão marcante. Lennon afirmou depois que esta era a melhor letra que ele já havia escrito. Ele também escreveu “You’ve Got to Hide Your Love Away” (anos depois essa canção ganhou uma versão do Pearl Jam), “I’m a Loser“, “You’re Going to Lose That Girl” e “It’s Only Love“. Sobre essa última, ele dizia sem o menor pudor que era a música que ele mais detestava.

Paul, por sua vez, escreveu “That Night Before“, “I’ve Just Seen a Face“, “Another Girl” (nesta música, ele toca o solo de guitarra pela primeira vez) e “Yesterday“, onde ele participa sozinho da gravação. George Harrisson escreveu e cantou nas músicas “You Like me Too Much” e “I Need You“, que ele escreveu para sua namorada. Ringo Starr canta em “Act Nacturally“.

Ainda sobre “Ticket to Ride“, John Lennon afirmou, anos depois da separação dos Fab Four, que esta foi a primeira canção de Heavy Metal da história. Ele sustentava sua teoria no mínimo pretensiosa, atribuindo as batidas da bateria de Ringo Starr e ao solo de guitarra, feito por Paul McCartney. Pode ter sido um pouco de exagero de Lennon, mas tudo bem, eles estavam acima do bem e do mal. E curiosamente, este que vos escreve, um headbanger convicto, tem essa música como a sua favorita dentre todas dos Beatles. Talvez John Lennon tenha (um pouco) de razão.

Como de costume, a Capitol, gravadora da banda nos Estados Unidos sempre lançava o mesmo álbum com uma diferença em relação a versão da Parlophone/ EMI. A capa tem uma pequena diferença e o tracklisting também. São 14 músicas na versão britânica contra 12 na versão ianque, mas com substituições em algumas faixas. Os dois covers, por exemplo, ficaram de fora. No Brasil, também houve mudanças em relação aos lançamentos do Reino Unido e dos Estados Unidos. A EMI do Brasil, optou por colocar algumas das canções não muito conhecidas pelos brasileiros, como “Ask me Why“, “P.S. I Love You” e “Thank You Girl” . Até o título por aqui saiu diferente: “Help! – Trilha Sonora do Filme Socorro“. Somente as sete primeiras músicas entraram na edição brasileira.

O álbum alcançou o topo das paradas musicais em 1965 na Austrália, Alemanha, Reino Unido e na “Billboard“, esta última na categoria “Billboard Top LPs“; em 1987, com o advento do CD, o álbum chegou em 4° na “Billboard“, na categoria “Billboard Top Compact Disk“, 61° na Holanda e 62° no Reino Unido; em 2009, o álbum retornou às paradas, mas em posições mais modestas: 18° em Portugal, 26° na Finlândia, 29° no Reino Unido, 30° na Suécia, 48° na Bélgica, 50° na Itália e 53° na Espanha e Suíça. A última aparição do play foi na “Billboard 200“, em 2010, quando chegou a posição de número 160. O álbum vendeu mais de 1,5 milhão de cópias ao final da década de 1960 e foi certificado com Disco de Ouro na Austrália e no Brasil, Platina na Argentina e Reino Unido, Duplo Platina no Canadá e Triplo Platina nos Estados Unidos.

São 34 minutos onde temos um belo disco, com canções agradáveis e só serviram para manter os Beatles como o maior nome da época, e consequentemente, a maior banda de Rock se todos os tempos. Hoje é dia de celebrar esse play. Os “besouros” influenciaram muitas das bandas que vieram depois. O legado deles está aí e cabe a nós mantê-los vivo.

Help – The Beatles 

Data de lançamento – 06/08/1965

Gravadora – Parlophone 

 

Faixas:

01 – Help!

02 – The Night Before

03 – You’ve Got to Hide Your Love Away

04 – I Need You

05 – Another Girl

06 – You’re Going to Lose That Girl

07 – Ticket to Ride

08 – Act Nacturally

09 – It’s Only Love

10 – You Like me Too Much

11 – Tell me What You See 

12 – I’ve Just Seen a Face

13 – Yesterday

14 – Dizzy Miss Lazy 

 

Formação:

John Lennon – vocal/ guitarra/ violão/ piano/ órgão em “Dizzy Miss Lazy”/ tamborim em “Tell me What You See”/ percussão em “I Need You”

Paul McCartney – vocal/ guitarra solo/ baixo/ piano

George Harrisson – guitarra base e solo/ vocal em “I Need You” e “You Like me Too Much”/ guiro

Ringo Starr – bateria/ percussão/ vocal em “Act Nacturally”