Notícias

Ozzy Osbourne quebra o silêncio e revela que sofre do Mal de Parkinson

Depois de inúmeras especulações sobre seu estado de saúde, Ozzy Osbourne finalmente concedeu uma entrevista exclusiva para Robin Roberts, do programa “Good Morning America”, do canal americano ABC News, ao lado de sua esposa e empresária, Sharon Osbourne. Ele disse que está longe do “leito de morte” como os boatos afirmavam, mas que o ano passado foi muito difícil para ele. “Tem sido muito desafiador para todos nós”, disse Osbourne a Roberts. “Eu fiz o meu último show na véspera de Ano Novo. Depois sofri uma queda grave. Eu tive que fazer uma cirurgia no pescoço, que estragou com todos os meus nervos”.

Para complicar ainda mais, Osbourne revelou que foi diagnosticado com Mal de Parkinson, um distúrbio neurodegenerativo que progride lentamente na maioria das pessoas e não tem cura.

“É PRKN 2”, disse sua esposa, Sharon. “Existem tantos tipos diferentes de Parkinson; não é uma sentença de morte como se pode imaginar, mas afeta certos nervos do corpo. E é como se tivesse um dia bom, outro dia bom, e depois um dia muito ruim”.

“Eu não sou bom em segredos. Eu não posso mais andar com isso porque é como se eu estivesse ficando sem desculpas, sabia?”, disse Ozzy.


O novo álbum de Ozzy Osbourne, Ordinary Man, será lançado no dia 21 de fevereiro pela Epic Records e apresenta uma série de participações especiais, incluindo Elton John, Post Malone, Slash e Tom Morello, do Rage Against the Machine. O álbum foi gravado com Duff McKagan (Guns n’ Roses), Andrew Watt (produtor e guitarrista) e Chad Smith, baterista do Red Hot Chili Peppers. O último trabalho solo do “madman’ tinha sido “Scream”, de 2010.

Como prévia deste novo álbum, já haviam sido lançados os clipes oficiais de “Under The Graveyard” e “Straight To Hell”. Inclusive, o single “Under The Graveyard” alcançou a impressionante marca de mais de 2,8 milhões de streams globais em sua primeira semana.