Notícias

Revenge revela detalhes do novo álbum e lança nova música

A banda de black metal extremo Revenge lançará ‘Strike.Smother.Dehumanize’ em 22 de maio através da Season of Mist Underground Activists. Juntamente com o próximo álbum, a banda compartilhou o primeiro single, “Salvation Smothered (Genocide of Flock)”.

Season of Mist


Tracklist:
1. Reaper Abyss (Real Rain)
2. Reign Power (Above All Born)
3. Oath Violator (03:43)
4. Salvation Smothered (Genocide of Flock)
5. Human Animal
6. Excommunication
7. Lightning Mythos
8. Self Segregation (System Torched)
9. Death Hand (Strike Dehumanization)
10. Apostasy Imposed (Takeover Mode)

Season of Mist


Os canadenses do Revenge retornam com ‘Strike.Smother.Dehumanize’, o sucessor do álbum de 2015 ‘Behold.Total.Rejection’. Com ‘Behold.Total.Rejection’, a banda causou alvoroço na cena underground ao assinar com o Season of Mist. No que muitos viam como um movimento pouco ortodoxo da banda e da gravadora, isso fez com que fãs e críticos de longa data especulassem sobre o resultado. Após o lançamento de ‘Behold.Total.Rejection’, os canadenses provaram que todos os que questionaram essa aliança inesperada estavam errados, lançando um dos álbuns mais bem-sucedidos e extremoa da discografia.

Sendo chamadas de ruído completo por alguns e genialidade por outros, essas visões polarizadas continuam sendo usadas pela banda como um distintivo de honra. Após a gravação e o lançamento subsequente de ‘Behold.Total.Rejection’, o grupo não perdeu tempo sistematicamente quebrando tudo em festivais de metal ao redor do mundo e destruindo em palcos na América do Norte e na Europa em turnê com artistas como WATAIN, DESTRÖYER 666, MAYHEM, SHINING e MGLA, para citar alguns.

A fumaça agora desvaneceu dos escombros, e é hora de sufocar os caídos com outra onda de Chaotic Black Metal na tradição canadense com o lançamento do próximo sexto álbum da banda, ‘Strike.Smother.Dehumanize’. Já sendo aclamado como seu trabalho mais convincente até o momento, ‘Strike.Smother.Dehumanize’ é uma demonstração de força que posiciona o Revenge no topo da cadeia alimentar do black metal extremista. Continuando a manter a postura de auto-segregação de lobo solitário que serviu bem à banda desde o primeiro dia, o Revenge se recusou mais uma vez a desculpar-se, sem pedir desculpas, a permitir que influências musicais ou ideologicamente alienígenas se infiltrassem e envenenassem a intenção original sobre a qual seus fundamentos foram construídos.

Em ‘Strike.Smother.Dehumanize’, J. Read eclipsou todos os lançamentos anteriores. Com uma produção extremamente potente e orgânica, na velocidade da luz, com estruturas de canções caóticas e vocais nítidos, entregues com convicção incomparável, o grupo de black metal construiu um manifesto de auto-ascensão, ódio absoluto à religião organizada e total desprezo pelo homem moderno escravizado que alimenta no vale da mediocridade com cada respiração.