Notícias

Superando grave problema de visão, Retinoises lança novo single inspirado em livro de Jack Kerouac

Dani Moreira/Divulgação

A banda paulista Retinoises acaba de lançar seu novo single ‘De La Luna Road’, disponível nos principais apps de streaming. Retinoises nasce em 2018 contradizendo muitos prognósticos: o de que o rock morreu e o da história de vida de seu vocalista, guitarrista e fundador Rudolph Oliveira.

Ouça aqui De ‘La Luna Road’: 

Spotify: https://spoti.fi/3tHMllU

Deezer: https://bit.ly/3O6Uzfx

Rudolph tem uma condição chamada retinose pigmentar, doença genética, progressiva e incurável da retina que já lhe causou a perda da maior parte da visão. A circunstância serviu de inspiração para o batismo de sua banda em um trocadilho entre ‘noise’ (barulho em inglês) e o contexto ocular.

A retinose acomete milhares de pessoas — uma em cada seis mil em todo o mundo — e pode levar à cegueira total. Fazer música e contar através dela os altos e baixos que a situação provoca passou a ser pauta constante para o Retinoises.

‘De La Luna Road’ foi inspirada principalmente no livro de Jack Kerouac “On the Road” (1957), que definiu a geração beatnik e moldou a contracultura das décadas seguintes, bem como no estúdio norte americano Rancho De La Luna e todo cultura do deserto californiano, onde ele é localizado.

“A música traz a ideia de movimento, velocidade e liberdade de quem sente o vento batendo no rosto em viagem por estrada, mas também fala da angústia do isolamento e o desejo incessante de liberdade, experimentado quando se está viajando e vivendo novas experiências. Essa liberdade foi privada durante a pandemia e também pela doença incurável na retina que já acometeu parte de minha visão”, conta Rudolph.

Gravada no estúdio Canto da Coruja, em Piracaia, no interior de São Paulo, e produzida por Ricardo Prado e Marcelo Ariente Mckoy, o single traz interessante e marcante riff de guitarra com muito efeito fuzz e distorções, além de uma bateria bastante dinâmica. A música mostra influências de bandas stoners como Kyuss e Queens of the Stone Age e também de das noventistas Smashing Pumpkins e Soundgarden.

Live Sessions

Retinoises também acaba de lançar uma série de Live Sessions em seu canal no YouTube gravada no Bay Area Estúdios, em São Paulo. Os dois primeiros vídeos  já estão no ar com as músicas Fly Away (Free Girl) e Feel Bad (Hit of Winter).

Assista aqui Fly Away: https://bit.ly/retinoises-flyaway-live

Sobre Retinoises 

Retinoises traz uma mistura interessante do som pesado do heavy metal e do stoner com a atmosfera noventista, sobretudo o grunge. As letras não deixam de perpassar por momentos de angústia,  às vezes, obscuros, embaladas sob fontes de inspiração como Smashing Pumpkins, Queens of The Stone Age, My Bloody Valentine, Alice in Chains e Nirvana.

Na discografia, Retinoises possui os seguintes trabalhos: o EP Which Way EP (2018), o álbum Retinoises (2019), o single Gaslighting (2020), o single One More Life (2021), o EP Eyes For Sale (2021), o single Suicide Prevention (2021) e o single Feel Bad (Hit of Winter) de 2022.

Retinoises é: 

Rudolph Oliveira (vocal e guitarra)

Bruno Pasquali (bateria)

Rafael Ferrari (baixo)

Raphael Mello (guitarra)

Siga Retinoises:

https://www.instagram.com/retinoises

https://www.facebook.com/retinoises

https://bit.ly/retinoises-deezer

https://spoti.fi/3IcgbU7