Resenhas

Back Home Again

Dr. Sin

9.0

Após um hiato e um fim cravado, um dos maiores nomes do rock nacional ressurge das cinzas, e mais uma vez mostra que deve sim manter suas atividades e que sua presença é sempre bem vinda. Estamos falando do Dr. Sin, que no ano passado nos presenteou com o seu retorno e de quebra um disco novinho e matador, com o mesmo alto nível de sempre. “Back Home Again”, lançado no Brasil pela Shinigami Records, é mais um bloco na construção desse muro de música boa.

Os irmãos Andria e Ivan Busic, baixista e baterista respectivamente, além dos vocais, se juntam ao novo companheiro Thiago Melo nas guitarras para de novo movimentarem a máquina e nos dar o presente.

“Breakout” é quem abre o disco e o faz com muito vigor, pesada, “groovada” e com uma linha de cadencia maravilhosa. Tudo aqui se encaixa perfeitamente e a banda parece nunca ter parado. Melo executa um belo solo e mostra que é bastante apto à ocupar o posto.

A seguinte “Face to Face” é mais cadenciada e mais branda, mas ainda assim um tanto harmoniosa e muito bem executada com ótimas linhas do presente baixo de Andria. A ponte com a potente voz do baixista também é bem-vinda e deixa um charme ali.

Quem acompanha o Dr. Sin sabe que os caras tem o dom de criarem lindas baladas e aqui já temos a do disco com “27”. Eles continuam com a mesma vibe desses momentos e conseguem trazer um lindo momento em homenagem aqueles que se foram com essa idade que parece uma maldição ao mundo do rock.

“Shout” é mais pesada, com bom groove,  o acréscimo de vocais mais agressivos no refrão e mais um ótimo solo de Melo. “Mayday” é a seguinte e traz um som nostálgico pela sua levada bem Hard Rock e levadas mais sombrias em sua metade que brilham e se tornam o destaque da faixa.

Um violão flamenco invoca os primeiros acordes de “Best Friends”, e é um baita de um Southern Rock cantado por Ivan e uma canção um tanto carismática que acerta em cheio, e ainda há espaço para o moço brilhar com linhas de bateria muito bem construídas.

“Run For Your Life” é um grande Hard Rock nervoso e direto, com a melhor condução possível, mesclado à passagens intrincadas e executadas com destreza, com o destaque de novo para a bateria. “See Me Now” é outra semi balada e invoca o estilo de vozes dobradas do Alice in Chains, até mesmo em sua construção harmônica lembra a troop do Grunge, um tanto melancólica e sombria. Linda!

“The Reflection of a Conflicting Mind” é uma paulada em seu começo e invoca o Dr. Sin de “Bravo” com ótimas linhas vocais de Andria, numa canção ágil e certeira. “What’s Wrong” da seguimento com um começo mais denso em mais uma balada, de novo muito bem conduzida e esbanjando charme em seus minutos.

Os primeiros momentos de “You Had it Coming” lembram vagamente o começo de “Emotional Catastrophe“, mas em seguida as coisas mudam e ela acha seu próprio rumo o faz muito bem, a ponte do segundo refrão é muito boa, trazendo as influências do Rush que a banda já mostrou em outros momentos.

“Fear” é agressiva em seu refrão, com vocais rasgados de Andria e pontes de vozes sinistras de Ivan. Antes do fim, uma faixa bônus aparece, é “Lost in Space” que havia sido lançada em 2018 ainda quando não se sabia de fato qual seria o destino do Dr. Sin. Se trata de uma canção com levada Prog e muito bem elaborada, cativante e cheia de traços marcantes, principalmente pelas harmonias de vozes.

O renascer do Dr. Sin se prova muito bem feito, obrigado. Sua nova formação traz alguns traços de mudanças aqui e ali, mas a identidade está mantida e a certeza da qualidade impressa. Se eles estão felizes com a volta, eu, sem dúvidas estou mais ainda.

Faixas:

1. Breakout
2. Face to Face
3. 27
4. Shout
5. Mayday
6. Best Friends
7. Run For Your Life
8. See Me Now
9. The Reflection of a Conflicting Mind
10. What?s Wrong
11. You Had it Coming
12. Fear
13. Lost in Space (bonus track)

Formação:

Andria Busic – Baixo/vocal
Ivan Busic – Bateria/vocal
Thiago Melo – Guitarra/vocal de apoio