Resenhas

Breeding Death

Bloodbath

9.5

O EP de estreia do supergrupoé simplesmente cru, sádico e remete ao Old School Death Metal "a lá" Entombed , Protector e Dismember. Os membros do Bloodbath são também membros do Opeth (Mikael Åkerfeldt), Katatonia (Dan Swano, Anders Nyström, Jonas Renkse), Bewitched (Anders Nyström) e Edge of Sanity (Dan Swano). Sim é estranho ouvir esses nomes perto do que aparenta Bloodbath, a intenção, em minha concepção, foi realmente soar como o bom e velho Death Metal Old School do final dos anos 80 para 90. E sim, eles conseguiram.

O EP possuí apenas 3 faixas, porém, as 3 são supremas e levantam qualquer headbanger da cadeira. É impossível ficar estático ouvindo ESTA BANDA.

“Breeding Death”… Essa música, por algum motivo, me lembra muito “Evil Death” do clássico do Death Metal, DEATH – de Chuck Schuldiner -, tanto por sua pausa e sua levada no refrão quanto pela similaridade nas notas. É claro que “Breeding Death” é um pouco mais lenta e arrastada, com certeza é uma das faixas mais marcantes.

“Omnious Bloodvomit” me lembrou demais “Biohazard” da banda Massacre, e tem muito de Carcass aqui também. Realmente uma faixa com levadas e quebras muito boas, onde Dan Swano conduz a música muito bem, sem contar os vocais de Akerfeldt , que trabalham muito bem!

“Furnace Funeral”, essa sim tem tudo aquilo que gosto, desde Protector, Carcass até Entombed. Simplesmente essa, aos meus ouvidos, é a faixa mestre do álbum! Ander Nyström abusou da boa métrica musical! Riffs marcantes e uma pausa semelhante ao Entombed – “Left Hand Path” (bem similar ao cover do tema do filme “Phantasm” que está no álbum ), que obra!

Não é o EP de Death Metal mais criativo já criado, mas como já dito acima o objetivo era prestar homenagem às bandas clássicas do estilo, e cumpre sua tarefa com exímio, melhor que muitas bandas com a mesma proposta. Com suas músicas de ritmo furioso, é simplesmente aquilo que deve ser,”Breeding Death” é um petardo do Death Metal dos anos 2000. O álbum está disponível em versão nacional pela gravadora Extreme Sound Records

 

Faixas:
1- “Breeding Death”
2- “Omnious Bloodvomit
3- “Furnace Funeral”

Formação:
Jonas Renkse (Baixo)
Anders Nyström (Guitarra)
Mikael Åkerfeldt (Vocais – atualmente o vocal é Nick Holmes do Paradise Lost)
Dan Swano – (Produção, Teclado e Bateria – atualmente produz álbuns de diversas bandas do cenário Death Metal)