Resenhas

Burning Eden

Flayst

9.0

Mais uma banda "gringa" que me enviou material... E que material! "Burning Eden" é o álbum de estreia da banda suíça Flayst, lançado de forma independente em 2016. A banda já acumula alguns lançamentos como o álbum acústico 'Carnage at Manoir' (2006), a demo 'Dante's Hell' (2008), EP 'Possession'(2011) e o single 'Through My Eyes' (2014) - este último que também foi lançado em mídia física e recebi junto com o álbum.

Influenciada principalmente por bandas como Insomnium , Omnium Gatherum ou Dark Tranquility, Flayst possui mais de 10 anos de carreira, realiza turnês pelo oeste da Suíça e encanta o público com o melhor death metal melódico, aprimorando suas músicas com sons eletrônicos e até mesmo um gostinho de rock & pop.

“Burning Eden” apresenta uma proposta interessante, com um death metal melódico e uma forte presença de elementos de Modern Metal. Há momentos memoráveis dentro do álbum, músicas em que o jogo de vozes limpas e guturais são constantes, junto de breakdowns, que são passagens lentas e intensas que propiciam o mosh – elementos característicos  desta variante do gênero.

Flayst está se tornando um forte nome na cena melódica do death metal na Suíça, e tem tudo para ganhar o mundo. O profissionalismo e cuidado para trabalhar as músicas, em conjunto com um estilo moderno que está crescendo cada vez mais, fará com que a banda consiga visibilidade e, talvez, até convites para os grandes festivais europeus.

Faixas:

1 Entering The Quiet Garden
2 Burning Eden
3 Until The End Of Time
4 Leap Into The Unknown
5 Liberation
6 Revenge
7 Neverlasting Dream
8 Caught In The Undertow
9 Exit
10 Through Your Eyes

Formação:

Nicolas Perritaz (Baixo)
Philippe Roig (Bateria)
Jonathan Fernandez (Guitarra)
Ismaël Roig (Guitarra)
Olivier Stegmann (Vocal)

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.