Resenhas

Carpe Diem

Saxon

9.7

O que ainda pode ser falado do Saxon? Álbum após álbum, turnê após turnê, esse lendário grupo britânico é uma verdadeira instituição do heavy metal e seu nome será glorificado por todas as gerações de headbangers. Seu mais novo álbum “Carpe Diem”, o 23º de estúdio, teve lançamento pela gravadora Silver Lining Music e edição nacional pela Heavy Metal Rock Records.

Carpe Diem é uma expressão em latim que significa “aproveite o dia”. Se pensarmos que o frontman Biff Byford sofreu um ataque cardíaco em 2019 e alguns meses depois a humanidade foi assolada pela pandemia do covid, este titulo é bem adequado pelo momento vivido.

E falando em covid, a primeira musica divulgada – e uma das melhores do álbum – “Remember the Fallen” é uma clara homenagem às vitimas da pandemia.

A abertura com a faixa título é um verdadeiro clássico ‘saxônico’, desde a introdução que lembra exércitos se preparando para uma épica batalha até o rufar da bateria seguido por um grito de Biff e instrumental empolgante, tudo nos remete aos primórdios da NWOBHM.

A seqüência com “Age Of Steam” mantém o “índice metálico” nas alturas e junto com “All For One” formam as músicas mais empolgantes do álbum.

Além destas, um álbum do Saxon sempre tem que ter uma “balada metálica” e aqui “The Pilgrimage” cumpre esse papel com maestria.

Com a formação estabilizada há anos, é gratificante ouvir um álbum onde cada instrumento está perfeitamente encaixado na musica e cada integrante cumpre seu papel com perfeição.

Se você – assim como eu – é fã desta lendária banda pode ouvir o álbum sossegado. Todos os elementos que a fizeram respeitada há mais de 40 anos estão ali. Alguns podem achar que falta a banda “se arriscar mais em busca de novas sonoridades”, já eu chamo a isso de fidelidade e espero que continuem assim.

Saxon nunca decepciona.

Formação:

Biff Byford – vocais

Paul Quinn – guitarras

Doug Scarratt – guitarras

Nibbs Carter – baixo

Nigel Glockler – bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.