Resenhas

Half Past Human

Cirith Ungol

8.0

Ao longo dos últimos anos, a cena heavy metal viu o ressurgimento de várias bandas que haviam encerrado as atividades em décadas passadas. Esse é o caso Cirith Ungol que, após quatro álbuns lançados entre 1981 e 1991, encerrou suas atividades retornando apenas em 2020 com “Forever Black”. Como a turnê de promoção do álbum teve que ser adiada por conta da pandemia que ainda assola o mundo, a banda resolveu voltar ao estúdio e gravar algumas de suas músicas esquecidas do repertório e soltou o EP “Half Past Human”, lançado pela Metal Blade Records com edição nacional da Hellion Records.

Das quatro canções que compõe o álbum, a faixa de abertura “Route 666” é a única que já apareceu em um lançamento do Cirith Ungol, especificamente na primeira demo da banda “The Orange Album” de 1978. Com uma duração maior, a musica ficou mais encorpada com um excelente trabalho dos guitarristas Jim Barraza e Greg Lindstrom e poderia estar perfeitamente no ultimo álbum da banda.

Se “Shelob’s Lair” e “Brutish Manchild” não comprometem, o grande destaque do EP é a faixa título que, ao longo de seus 7:25, nos envolve em uma atmosfera epica e mostra a banda em grande forma.

Apesar de ser um EP, “Half Past Human” trata-se de um item obrigatório na coleção do fã destes pioneiros da vertente que se convencionou chamar de “metal épico”.

Formação:

Greg Lindstrom: guitarra

Jim Barraza: guitarra

Tim Baker: vocal

Robert Garven: bateria

Jarvis Leatherby: baixo

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.