Resenhas

Heart Through Sacrifice

Heart Through Sacrifice

9.0

A banda britânica metal progressivo, Heart Through Sacrifice, finalmente lançara seu tão aguardado álbum de estreia. O disco auto intitulado foi composto e produzido inteiramente por Doug Rimington (ex Voodoo Diamond, Hold The Dawn, Superhelix, Emma and the Fragments). A mixagem e masterização são feitas por Matt Bew, do Whitehouse Studios em Reading, dando à produção o refinamento que ela merecia.

‘Heart Through Sacrifice’ é uma aventura cinematográfica envolvida em guitarras pesadas e vocais poderosos que narram uma aventura. Este álbum tem doze músicas (vinte e duas contando com as versões instrumentais), onde dez composições são capítulos que em breve se tornaram histórias em quadrinhos, resultando em um conto épico, ilustrada pela artista Bec Dennison – que também assina a capa do álbum.

A história por trás do álbum é uma fantasia sombria, baseada em um mundo onde a vida foi devorada por um espectro maligno. Nossos heróis são um menino órfão e uma mulher guerreira, ambos lutando para recuperar sua humanidade depois de perder seus entes queridos.

O ponto alto do disco são os vocais poderosos de Corinner Cooper, que conduzem as narrativas do terreno fantasioso de forma incrível. A vocalista também foi participante do The Voice do Reino Unido, e agora mostra seu talento para o mundo todo através deste grande lançamento, conseguindo atingir tons muito altos sem nunca parecer estar em apuros. Uma voz confiante e poderosa, perfeita para este gênero.

Apesar do rótulo de Metal progressivo, é possível encontrar outros estilos dentro do disco ‘Heart Through Sacrifice’, cheio de texturas e camadas inesperadas, o disco lembra sons de Within Temptation, Evanescence e Xandria – um pouco de metal alternativo, sinfônico e gótico.

Preenchido com melodia, ambiente, riffs esmagadores, bateria violenta e vocais elevados, ‘Heart Through Sacrifice’ consegue entreter o ouvinte do primeiro ao último segundo, e me encantou completamente – já faz parte da minha playlist. Além do som, a banda tem a ideia de lançar tudo em quadrinhos, o que torna tudo ainda mais interessante e cativante.

Formação:

Corinne Cooper – vocal
Doug Rimington – todos os instrumentos

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.