Resenhas

Human Decay

Crucifixion BR

8.5

"Human Decay" pode ser classificado sem rodeios como um disco brutal. A banda brasileira Crucifixion Br, que atualmente conta em sua formação com o multi-instrumentista Maxx Guterres, a baterista Juliana Novo, o baixista Beto Factus e o guitarrista Rafael Orsi (que substituiu Miller Borges, que gravou o álbum) apresenta seu "blackened" death metal de uma forma realmente empolgante.

As críticas à religião, ao fanatismo religioso, a demonstração evidente de insatisfação e de dar um real sentido à vida dão o tom em praticamente todas as letras.
O álbum conta com a participação especial de André Rod, do Attomica, na faixa-título “Human Decay”, e a lenda Dave Ingram (Benediction, ex-Bolt Thrower) em “Bloody Fire Victory”. Também conta com Sebastian Carsin, que gravou todas as guitarras solo do álbum como convidado.
Com todo o respeito aos demais integrantes, vale ressaltar a atuação sensacional de Juliana. Que conduz as baquetas destruindo tudo que vem pela frente sem dó e nem piedade. Uma performance realmente digna de nota.
Outra coisa a ser exaltada é a arte da capa, criada pelo talentoso Romulo Dias combina perfeitamente com o conteúdo lírico que denuncia a decadência humana.
Posso perfeitamente destacar “Chaos Of Morality”, “My Savior”, “A Few Lies Of Your Whole Light” e a faixa-título como minhas favoritas.
O mundo está tomado por trevas, está na escuridão, o Crucifixion Br retrata tudo isso habilmente neste álbum lançado via Shinigami Records. Confiram.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.