Resenhas

Humanoid

Accept

Avaliação

9.5

Após três anos do lançamento de “Too Mean To Die”, o lendário grupo germânico Accept retorna com seu 17o. álbum de estúdio, “Humanoid” pela gravadora Napalm Records e uma belíssima edição nacional da Valhall Music.

Apesar do que o título possa sugerir, “Humanoid” não é um álbum conceitual, embora a faíxa título bata bem forte nesse tema com sua letra bem no estilo “Terminator”: “I am indestructible / Half human, half machine / Evil and invincible” (“eu sou indestrutível / metade humano, metade máquina / mal e invencível”).

Uma pequena introdução com um ar meio oriental abre para “Diving Into Sin”, uma faixa poderosa com o DNA do Accept em toda sua plenitude: ataque de guitarras, cozinha desenfreada e um vocal esganiçado. A já citada faixa título e “Frankenstein” mantém o caos sonoro e é interessante notar que essa sequência foi bem planejada: ambas abordam temas parecidos – se uma fala sobre uma junção do homem com a máquina, outra conta a história do monstro de Frankenstein, onde um cientista tenta recriar a vida.

“Nobody Gets Out Alive” e “Ravages Of Time” tem um pé no hard rock e apontam para um rumo que a sonoridade da banda andou tomando nos últimos álbuns, ainda são ‘heavy metal’ mas a influência está cada vez mais presente.

“Straight Up Jack” é claramente influenciada pelo AC/DC e foi a que mais me agradou com seu ritmo alucinante e despojado e, de certa forma, é um contraste com a velocidade e agressividade de “Southside Of Hell” que encerra o álbum.

Quando adicionou um terceiro guitarrista, podia-se esperar o Accept no seu fim de jornada se tornando uma banda com um som mais rebuscado e, de certa forma, pomposo. Mas não é nada disso que se ouve, a opção foi por uma sonoridade mais direta e sem frescuras, um heavy metal cativante que continua fazendo a alegria de todo headbanger.

 

Formação:

Mark Tornillo: vocal

Wolf Hoffmann: guitarra

Philip Shouse: guitarra

Uwe Lulis: guitarra

Christopher Williams: bateria

Martin Motnik

 

Tracklist:

Diving Into Sin
Humanoid
Frankenstein
Man Up
The Reckoning
Nobody Gets Out Alive
Ravages Of Time
Unbreakable
Mind Games
Straight Up Jack
Southside Of Hell