Resenhas

Macabre Amusement Park

LOCKFIST 669

8.5

A banda LOCKFIST 669, nascida em 2005, possui como referências o thrash e death metal, misturado a diversas influências. Recentemente lançaram o EP 'Macabre Amusement Park', que traz referências de filmes de terror, na arte da capa e em algumas faixas.

O disco já começa com a intro do clássico filme Gritos Mortais (Dead Silence), na faixa “Pray to Get Out”, mas o nome da música é referente – ou não -, ao filme ‘Pague pra entrar, Reze pra sair’ (The Fun House), de 1981.

‘Macabre Amusement Park’ traz uma audição pesada e brutal do início ao fim, sem momentos melódicos – a não ser nos solos que tem muito feeling e melodia. O riffs são poderosos, graves e marcantes. Vocais intensos facilmente comparados com sentimento de ódio. Bateria constante e frenética que usa e abuso do uso de viradas e blast beat.

A banda também faz uma homenagem ao Attomica, um dos expoentes do metal nacional, com o cover “Forbidden Hate”, trazendo uma visão mais moderna e menos suja, sem perder a brutalidade.

‘Macabre Amusement Park’ é bem produzido, tanto na sonoridade quanto conceitualmente. LOCKFIST 669 é uma banda que pode conquistar grandes rumos se continuar seguindo essa mesma linha de trabalho.

 

Faixas:

1. Pray to Get Out
2. Thorns of My Crown
3. Shallow Graves 2020 (For the Covid-19 victims)
4. Forbidden Hate (Attomica cover)
5. Macabre Amusement Park

Formação:
Renato Machado – Guitarra
Luiz Artur – Vocais
Rafael Leal – Baixo
Ascânio Andrade – Bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.