Resenhas

Parasite

The DamNNation

7.5

Formada em 2019, o power trio femino The DamNNation, estreia sua carreira musical com o EP 'Parasite'. O trabalho recebeu ótimas críticas e teve boa repercussão na mídia internacional, rendendo um contrato com a Xaninho Discos que lançou material digital e em breve irá lançar na mídia física (além de ótimos merchs).

Abrimos o disco com a faixa “World’s Curse”, o primeiro single e videoclipe das meninas, o trabalho que apresentou The DamNNation ao mundo. A voz lembra um pouco o estilo da Tatiana Shmailyuk, da banda Jinjer mesclado com a banda Hysterica. Há o momento do solo que lembra o Megadeth, com pausas melódicas no meio de um som pesado, com um ótimo feeling, que não quer mostrar velocidade e sim sentimentalismo – mostrar a dor, conforme a letra da música.

A próxima faixa, “Apocalypse”, como o próprio nome diz, nos primeiros riffs já sentimos o ar apocalíptico. As notas em escala menor trazem essa energia e visual sombrio e enigmático. De todas as músicas do EP, talvez está seja a mais simples, tecnicamente falando.

“Parasite” é a música que tem a quebra melódica, mas não se engane, após a guitarra limpa, vem a pedrada, onde a bateria pulsante toma conta. Na hora do show, certamente está música será o momento da roda. O lick do refrão contrasta a guitarra solo, de maneira muito interessante. Em uma analogia básica, talvez o parasita dessa música seja o atual governante: “a legion, You manipulate/ Drain virtues, to reach your wills/ You Discard, everyone who faces you no sense/ Of wrong and right/ You become a sociopath”.

Fechando o disco, “Unholy Souldiers”, talvez seja uma das melhores faixas.  A música que encerra com chave de ouro essa experiência que é a The DamNNation! Com uma letra que fala sobre agnosticismo e as incertezas sobre religião, morte e os questionamentos sobre a existência. Seria ela um propósito divino ou puro e simples acaso?

O trabalho como um todo é muito bem feito, bem produzido e profissional. Acredito que a banda ainda precise de mais produção e encaixar elementos que sejam característicos, falta aquele tempero que torne The damNNation uma banda única. Uma banda para o mundo. E as meninas estão no caminho certo.

Faixas:
1. World’s Curse
2. Apocalypse
3. Parasite
4. Unholy Soldiers

Formação:
Renata Petrelli (Vocal e Guitarra)
Aline Dutchi (Baixo e Vocal)
Leonora Mölka (Bateria)

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.