Resenhas

Perdida

Stone Temple Pilots

8.5

Começando os lançamentos de 2020, trago o novo álbum do Stone Temple Pilots, uma das bandas de rock mais bem-sucedidas da década de 1990. A banda está lançando seu primeiro álbum acústico, “Perdida”, nomeado para uma palavra em espanhol, que foi lançado na última sexta-feira, dia 07 de Fevereiro.

Conforme a banda descreveu, o álbum “Perdida” é uma coleção de “10 músicas profundamente pessoais com letras introspectivas e instrumentos inesperados que levam os ouvintes a uma jornada emocional sobre o recomeço”. Este é o segundo disco com o novo vocalista, Jeff Gutt, que estreou na banda no disco autointitulado, lançado em 2018, e que escreveu boa parte das letras deste novo trabalho.

Muitos fãs devem imaginar que o tom melancólico do álbum reflete o estado de espírito da banda após a morte do cantor original, Scott Weiland em 2015 e seu substituto Chester Bennington, dois anos depois. Porém, apenas uma música realmente fala sobre estes dois acontecimentos, a “I Didn’t Know The Time”, que traz um violão doce, a bela voz melancólica de Jeff e uma flauta.

O diferencial deste disco está nos arranjos variados e atenciosos que apresentam solos de flauta, saxofone e piano misturados a voz de Jeff – característica do estilo Grunge. A faixa-título traz uma sensação de flamenco, “Miles Away”, uma valsa que inclui um solo de violino celta, que remete a baladas pós-grunge e que é uma das minha favoritas do álbum. “Fare Thee Well” com melodias de órgão e piano e os vocais de apoio no estilo igreja, o que torna a música um gospel. O álbum todo é nessa pegada calma e com letras profundas. Vale a pena escutar cada faixa com atenção.

Comparado com os outros álbuns do Stone Temple Pilots – tanto antigos quanto recentes -, “Perdida” pode parecer distante. Esse disco é daqueles trabalhos que mostram como criar algo bonito a partir da dor, ajuda a processar o luto e procurar significados sobre os momentos melancólicos que todos nós passamos na vida. Uma verdadeira obra de arte, tanto nas letras quanto no instrumental. Aqui temos um trabalho profundo, feito com a alma e que prova que a banda conseguiu se reerguer após todas as tragédias, e que podem fazer tudo virar música.

Faixas:
01. “Fare Thee Well”
02. “Three Wishes”
03. “Perdida”
04. “I Didn’t Know The Time”
05. “Years”
06. “She’s My Queen”
07. “Miles Away”
08. “You Found Yourself While Losing Your Heart”
09. “I Once Sat At Your Table”
10. “Sunburst”

Formação:
Jeff Gutt (Vocal)
Dean DeLeo (Guitarra)
Robert DeLeo (Baixo)
Eric Kretz (Bateria)