Resenhas

Procession Of Souls

Deathgeist

9.0

Deathgeist é uma banda paulista que apresenta seu terceiro álbum da carreira, intitulado 'Procession of Souls', lançado no Brasil pela Mutilation Records em parceria com a Thrash or Death Records, quebrando paradigmas e retratando nuances muito interessantes que vão das influências do metal tradicional, passam pelo speed metal e chegam ao thrash metal norte-americano, com todo peso e propriedade.

Inclusive o próprio vocalista e guitarrista Adriano Perfetto admite isso ao dizer que “preferimos nos ver mais como uma banda de heavy metal sem regras ou formas de composição”. Neste aspecto, eu concordo com ele, o grupo atinge este objetivo e vai agradar um público muito maior fugindo destes rótulos e supostas regras. A temática das letras também é variada, contando diversas histórias independentes que vão do horror lovecraftiano, contos fantasmagóricos e experiências dolorosas ou traumáticas.
A faixa-título lembra muito realmente me lembra muito as bandas mais tradicionais do metal de que sou muito fã, talvez por isso tenha se tornado a minha favorita neste álbum. Seguida de “Nightmare’s Chamber”, um ‘thrashão’ rasgado e sem pudores com uma pitada de hardcore. As outras faixas não ficam devendo em nada no quesito qualidade, inspiração e transpiração.
Este é um registro para você ouvir em volume máximo, pois os riffs vão ficar na sua cabeça, assim como ficaram na minha. Curtam sem parcimônia.

Formação:
Adriano Perfetto – vocal e guitarra
Victor Regep – guitarra
Maurício Bertoni – baixo
Fernando Oster – bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.