Resenhas

Reloaded

Okill

7.8

Em "Reloaded" a banda Okill faz uma releitura das músicas da época quando ainda se chamava Macchina (o nome do grupo foi alterado este ano). Aliás, é bem difícil rotulá-los em algum estilo, pois as sonoridades passeiam entre o hardcore, crossover, grindcore, thrash e death metal.

Fora as faixas antigas com novos arranjos, há uma música inédita intitulada “The Pain Remains Insane”. Inegável que o grupo tem boas músicas e faz um som pesado característico, que foge das convenções que tenho ouvido ultimamente.
O Okill consegue fazer um som pesado, papo reto, direto e sem firulas, recomendado pra quem realmente gosta de música de atitude e sem floreios. Com bateria cavalgada, bons riffs e solos de guitarra, o grupo consegue dar nova vida às composições antigas e se posicionar quanto aos próximos trabalhos. Agora é aguardar o que mais virá.