Resenhas

Round 35

Motorhammer

9.0

Nada mais justo que celebrar 35 anos de dedicação ao Heavy Metal com Heavy Metal e foi justamente com essa finalidade que a banda/projeto, Motorhammer nasceu, para celebrar todos os valorosos préstimos do prolífero músico Edson Graseffi.

“Senti que deveria comemorar estas três décadas e meia de carreira com algum lançamento, que representasse tudo que vivi pela música pesada em todos esses anos. Montar o Motorhammer e gravar o EP foi a maneira mais musical que encontrei para fazer isso”, comentou Graseffi, que se juntou aos músicos e amigos de longa data, Daniel Corvo (baixo) e Renato Haboryni (guitarras) para conceber “Round 35”.

O EP teve suas gravações divididas entre dois estúdios diferentes, com as linhas de bateria foram registradas no estúdio Orra Meu, que pertence ao guitarrista Marcello Schevano (Golpe de Estado, Carro Bomba). Já os vocais, guitarras e baixos foram registrados no estúdio do guitarrista Renato Haboriny (também responsável pela produção do trabalho).

“Round 35” é composto por 05 faixas e apresenta composições de quase todas as bandas que Graseffi integrou, dentre elas o Panzer, Reviolence e Punch.

Devidamente atualizadas, encorpadas e poderosas, as faixas farão a alegria dos fãs de Thrash e Heavy Metal. “Fighting Against The Walls” é pura energia com seus riffs bem escritos, evidenciados e poderosos, a bateria sabiamente imposta e trabalhada, baixo opulento e refrão de fazer a “violencia” ser a regra dos shows. “Warning Hell” é mais trabalhada e técnica. Nela as atenções ficam para o solo magistral de guitarra e para o desenvolver preciso e orgânico das linhas de bateria. “Rage Over Rage” mantém a tônica, embora mais taciturna, detalhada e com groove fortemente pronunciado. “The Metal Church” é como o próprio diz: “uma ode ao Metal”. Aquele tipo de composição que serve de trilha sonora para as boas memórias que todo headbanger tem para recordar, sobre o impacto que o Heavy Metal que tanto amamos tem sobre nossas vidas. Parece uma romantização, mas não é, quantos dos nossos momentos tem uma música de fundo e quantas das nossas melhores lembranças não surgem à mente aos primeiros segundos ou melodias de uma canção? “Allied Forces” é um cover/releitura sensacional do canadense Triumph. Essência mantida, mas adornada pela robustez da modernidade. Sensacional, simplesmente sensacional!

Veredito: Se a intenção era celebrar, meus mais sinceros parabéns, aqui temos uma celebração digna, com toda pompa e qualidade que a ocasião merece. Agora como recém-conhecedor do trabalho do Edson, sugiro que a mesma seja coroada com um disco completo e com composições inéditas, o Motorhammer merece prosseguir e ganhar fãs e mais para frente, a estrada e os palcos. Sugestão bônus: um novo álbum do Cosmic Rover também seria bem-vindo.

Faixas:

01 – Fighting Against The Walls
02 – Warning Hell
03 – Rage Over Rage
04 – The Metal Church
05 – Allied Forces (Triumph cover)

Formação:

Edson Graseffi – Bateria e vocais
Daniel Corvo – Baixo
Renato Haboryni – Guitarras

 

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.