Resenhas

Spirit Revival

Return to Sender

9.0

O power trio Return to Sender inicia a carreira na música pesada em grande estilo, apresentando o EP de estreia 'Spirit Revival'. Lançado de forma independente, o álbum é um prato cheio para fãs de deathcore, combinando o peso do death metal e metalcore para criar um som mais pesado e com muito mais atitude.

Repleto da energia jovial do metalcore, com a técnica e agressividade do death metal, ‘Spirit Revival’ traz riffs e quebras de  beatdown que viajam através de vocais totalmente automáticos e intensos.

Um ponto nesse álbum é a bateria, que está bastante entusiasmada com a batida explosiva. É possível ver que a bateria rouba a cena do início ao fim, vide a música “The Death of Me” e “Progression”, que além da bateria também mostrar a potência vocal de Chris Daniel, que soube dosar suas técnicas unindo forças nas canções.

Não é uma produção de som nova e não há nenhuma novidade ou diferencial, mas é um som bem produzido, um som sólido e bem feito – que as vezes até passeia pelo  djent. Músicas pesadas na medida certa, composições sem defeitos, tanto no instrumental quando no lírico.

Para um álbum de estreia, os garotos do Return to Sender parecem ser músicos experientes, inspirados em Suffocation e em bandas de deathcore veteranas como, Suicide Silence, Carnifex e Through the Eyes of the Dead.

‘Spirit Revival’ é sim, uma obra de arte e Return to Sender  não poderia ter outro cartão de visita melhor. O EP que soa como um álbum furioso e nos deixa ansiosos pelo álbum de estreia!

Formação:

Chris Daniel – vocal
Logan Smith – guitarra e baixo
Taemon Smith – bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.