Resenhas

The Moon Is All There’s Left To Kill

Sespool

8.5

Classificado como "rapper gótico", o artista Sean E. Sullivan, idealizador do projeto inusitado Sespool, lança seu novo EP, intitulado 'The Moon Is All There's Left To Kill'. O álbum é inspirados em artistas como Travis Scott, Chelsea Wolfe e Pink Floyd - parece uma mistura estranha, mas quando ouvir o projeto irá perceber que tudo é possível no mundo da música.

‘The Moon Is All There’s Left To Kill’ é uma espécie de jornada acidentada pelo ciberespaço, utilizando elementos de metal, trap, emo, eletrônico, stoner rock e dream pop. A faixa-título de abertura é muito parecida com a entrada de um videogame no mundo absurdo de SESPOOL – um portal digital para um inferno irresistível.

A música de Sespool abrange uma infinidade de gêneros, devido a sua vasta influência, neste projeto a fusão de gênero é completamente insana, de riffs de metal ferozes e rupturas em melodias de anime pop e indie exuberante ao dark industrial – com direitos a vocais limpos e guturais feitos por Sean E. Sullivan.

Sespool é um som incrivelmente difícil de localizar, pelo menos porque sua arte reflete sua experiência e, como as suposições que fazemos em nossas interações, essas podem e irão mudar. Para o cantor, compositor, produtor e explorador de áudio Sespool, residente na Califórnia, é possível criar um ótimo trabalho através de diversas referências, e ele prova isso com este trabalho.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.