Resenhas

Wolves Among The Ashes

Svart Crown

7.5

O Svart Crown é uma banda que vem fazendo um barulho desde o lançamento do disco “Profane”, segundo da carreira do grupo, por executarem um Death Metal saturado. Eles se propõe a fazer uma “parede” sonora, com músicas muito boas, extremas, que vão direto ao ponto. Abreaction continua o legado da banda, mas será que os franceses conseguem repetir a proeza, ou mesmo, melhorar um pouco mais esta fórmula?

Posso adiantar que “Wolves Among The Ashes”, quarto disco do Svart Crown, tem músicas com sua antiga fórmula, mas tem um nível técnico mais apurado. Em seu quarto registro de estúdio, JB Le Bail (Vocais/Guitarra), Nicolas “Ranko” Muller(Bateria), Clement Flandrois(Guitarra) e Julien Negro(Baixo), retornam ainda agressivos, competentes em fazer a fórmula da banda soar com muita personalidade, mas, em diversas faixas, eles entraram em um experimentalismo, que, a mim, não agradou.
Eu esperava mais daquela banda que eu conheci anteriormente. Mas faixas como “Thermageddon”, “Art Of Obedience”, “At The Altar Of Beauty”, eu destaco como as melhores.
Ainda temos uma faixa muito interessante que é “Down To Nowhere”. Música que começa quase como um Trip-Hop em sua camada vocal cantada por Ranko. Ela destoa bastante do que a banda se propõe, não é ruim, longe disso. O clima dessa faixa é incrível, mas fica um pouco fora do normal, do que é esperado, mas nada que você iria passar adiante no disco. A faixa se assemelha à proposta do The Angelic Process, que me agrada muito.
Numa análise geral, esse novo disco do Svart Crown vem com uma proposta de dar um novo ar e um novo rumo à banda, bem diversificado e interessante. O disco será lançado no dia 07 de fevereiro, pela Century Media e tenho certeza que ele dividirá opiniões mundo afora.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.

Continua depois da publicidade