Notícias

Dimmu Borgir revela título e data de lançamento do novo álbum

Depois de sete anos, a renomada banda norueguesa de black metal Dimmu Borgir resolveu romper o silêncio para o seu 25º aniversário e revelar um novo trabalho intitulado Eonian. São 10 novas faixas, com lançamento previsto para 4 de maio. Ele foi produzido pelo próprio grupo, com a engenharia de som por conta de Jens Bogren (que já trabalhou com Opeth, Sepultura, Arch Enemy, Moonspell, Kreator, Paradise Lost, Amon Amarth, Dragonforce, Rotting Christ, Symphony X, Angra, entre outros).

 

O álbum com 10 faixas inéditas será lançado em 4 de maio

Nuclear Blast Records

O álbum com 10 faixas inéditas será lançado em 4 de maio

A capa é uma obra idealizada por Zbigniew M. Bielak, artista que já ilustrou álbuns de bandas como Ghost, Behemoth e Mayhem.

O núcleo de composição do Dimmu Borgir conta com Shagrath, Silenoz e Galder, e outros rostos familiares como do baterista Daray e do tecladista Gerlioz. Ainda faz parte do time Gaute Storaas, que ajudou com os arranjos de coro para as majestosas vozes do coral Schola Cantrum.

Interdimensional Summit: EP de vinil de 7 polegadas que será lançado dia 23 de fevereiro

Nuclear Blast Records

Interdimensional Summit: EP de vinil de 7 polegadas que será lançado dia 23 de fevereiro

Da mente escura dos três compositores surge um conceito filosófico, lidando com a ilusão do tempo:

“O tempo, quando não se aproxima da construção, costumamos não conseguir definir e, portanto, é ilusório”, explica Silenoz. “Existe apenas um ‘eterno agora’, que o título do álbum já está insinuando. Quando viajamos entre os mundos vistos e não vistos, a percepção do tempo deixa de existir, não tem função. Nossa energia é nossa tocha e nossa bússola quando fazemos fendas e atravessamos o véu – quando vamos além”.

O vocalista Shagrath acrescenta: “Eonian representa a ilusão do tempo, tudo o que é e sempre foi. Para nós, também marca o 25º aniversário do Dimmu Borgir e o próprio álbum é uma homenagem a nossa própria história e à história norueguesa do Black Metal”.

“O tempo, quando não se aproxima da construção, costumamos não conseguir definir e, portanto, é ilusório”, explica Silenoz. “Existe apenas um ‘eterno agora’, que o título do álbum já está insinuando. Quando viajamos entre os mundos vistos e não vistos, a percepção do tempo deixa de existir, não tem função. Nossa energia é nossa tocha e nossa bússola quando fazemos fendas e atravessamos o véu – quando vamos além”.

No dia 23 de fevereiro, Dimmu Borgir apresentará o primeiro single “Interdimensional Summit”, que será lançado como um EP de vinil de 7 polegadas, oferecendo uma primeira audição do próximo álbum.

Fonte: Nuclear Blast Records

Dimmu Borgir quebra o silêncio para o seu 25º aniversário com o álbum Eonian

Nuclear Blast Records

Dimmu Borgir quebra o silêncio para o seu 25º aniversário com o álbum Eonian

Continua depois da publicidade