Notícias

Raven: álbuns clássicos lançados no Brasil

Todo aquele que viveu o heavy metal no começo dos anos 80 lembra do impacto que foram os lançamentos dos 3 primeiros álbuns do Raven: ‘Rock Until You Drop’ (1981), ‘Wiped Out’ (1982) e ‘All For One’ (1983). Formado no ano de 1974 em Newcastle (Inglaterra), o Raven contava na época com Mark Gallagher (guitarra), John Gallagher (baixo e vocal) e Rob “Wacko” Hunter (bateria).

‘Rock Until You Drop’ nos apresenta um trio de verdadeiros maníacos com verdadeiros petardos que são despejados um atrás do outro. Esse álbum marca uma espécie de limiar do que veio a se chamar de Speed Metal (na dúvida, é só ouvir “Hell Patrol”). Além destas, o que dizer do riff de “Lambs To The Slaughter” de onde claramente o Iron Maiden se influenciou para “2 Minutes To Midnight”? Ou de “For The Future” que toda Bay Area se inspirou? Impossível não ouvir o álbum e notar a quantidade de bandas que o ouviram e muito.

Se o Venom (também da gravadora Neat Records) levava o Metal para um lado mais sombrio e pesado, o Raven acrescentava mais velocidade e dinâmica.

Faixas:

  1. Hard Ride
  2. Hell Patrol
  3. Don’t Need Your Money
  4. Over The Top
  5. 39-40
  6. For The Future
  7. Rock Until You Drop
  8. Nobody’s Hero
  9. Hellraiser/Action
  10. Lambs To The Slaughter
  11. Tyrant Of The Airways

Bonus:

  1. Wiped Out
  2. Inquisitor
  3. Crazy World

Se em ‘Rock Until You Drop’ a banda possuía um som ainda calcado em parte no que se convencionou chamar de NWOBHM no álbum seguinte, ‘Wiped Out’, essa influência diminuiu bastante.

“Faster Than The Speed Of Light”, a faixa de abertura, nos dá a tônica do que vem pela frente: um álbum mais cru e veloz. Aqui se destaca a guitarra de Mark Gallagher com riffs poderosos como em “Bring The Hammer Down”, “Battle Zone” e “LIve At Inferno!”. Uma curiosidade é que a banda já havia lançado uma musica com o título de “Wiped Out” no single “Don’t Need Your Money” de 1980.

‘Wiped Out’ pode não ser considerado o melhor álbum da banda, mas com certeza é o mais energético.

Faixas:

  1. Faster Than The Speed Of Light
  2. Bring The Hammer Down
  3. Fire Power
  4. Real All About It
  5. To The Limit/To The Top
  6. Battle Zone
  7. Live At The Inferno!
  8. Star War
  9. UXB
  10. 20/21
  11. Hold Back The Fire
  12. Chainsaw

Bonus:

  1. Crash Bang Wallop
  2. Run Them Down
  3. Rock Hard

‘All For One’ encerra – em estúdio – esta fase da banda e é considerado por muitos como o melhor álbum do Raven.

Desde a abertura com “Take Control”, passando pela faixa título “All For One” e a excepcional “Seek And Destroy” temos aqui composições que estão entre as melhores da banda e que ainda fazem parte dos shows. E a edição lançada no Brasil possui a participação de Udo Dirkschneider em duas músicas bônus.

Com uma produção melhor que os álbuns anteriores, ‘All For One’ é um marco para o heavy metal dos anos 80.

 

Faixas:

  1. Take Control
  2. Mind Over Metal
  3. Sledgehammer Rock
  4. All For One
  5. Run Silent Run Deep
  6. Hung, Drawn & Quartered
  7. Break The Chain
  8. Take It Away
  9. Seek And Destroy
  10. Athletic Rock

Bonus:

  1. Born To Be Wild (com Udo Dirkschneider)
  2. The Ballad Of Marshall Stack
  3. Inquisitor (com Udo Dirkschneider)

As edições nacionais que foram lançadas pela Voice Music e Rock Brigade Records vêm com slipcse e pôster. Agora aguardamos o lançamento do ‘Live At Inferno’ que capta o quanto era apocalíptico o show do Raven.

Estes álbuns são indispensáveis para qualquer headbanger que se preze e para todo aquele que deseja conhecer mais sobre a NWOBHM.