Resenhas

Cycle of Suffering

Sylosis

7.8

A banda britânica Sylosis retorna de um longo período de inatividade (seu último lançamento havia sido em 2015), devido ao seu frontman Josh Middleton ter sido chamado para substituir o guitarrista Tom Searle na banda de metalcore Architects. Searle morreu de câncer aos 28 anos, após ter se submetido a diversos procedimentos médicos para tentar salvar sua vida.

Após este tempo todo sem um novo álbum e tendo cumprido os compromissos de turnê com sua segunda banda, o líder da Sylosis e o amigo de Tom, Josh Middleton, agora está de volta com o Architects.
“Cycle of Suffering” representa pura ferocidade, uma enxurrada de distorções, riffs precisos e melodias épicas e angustiantes. Há uma variação muito interessante com diversas músicas plenamente identificáveis como “metal moderno”, mas com passeios no thrash, no groove metal dos anos 90 e até mesmo no death metal mais tecnológico e futurista.
Gostei do resultado, pois apresenta uma sonoridade totalmente renovada e talvez seja um dos melhores discos lançados por estes britânicos que em seus primórdios faziam um híbrido de thrash e metalcore.
Muito curioso um álbum tão bom ter sido lançado cinco anos após seu último trabalho, “Dormant Heart”. Para uma banda que acabou de se reunir novamente, é um feito notável! Talvez em seu tempo que ficou longe do Sylosis, Middleton aparentemente estivesse com uma sede de produzir algo realmente matador. Seus vocais estão muito marcantes e fortes.
Tudo soa muito mais consistente e a banda que tocava em Mi (E) em seu último álbum, agora toca em Ré (D). Isso deixou o som muito mais sombrio e com um timbre muito mais thrash.
“I Sever”, “Shield” e “Invadia” são destaques de registros que possuem muitos aspectos diferentes que são combinados, culminando em uma quebra de paradigma muito interessante. Mas é na faixa de abertura “Empty Prophets” que eles se superaram, transitando por vários riffs sensacionais até chegar num clímax de destruição e violência.
A avaliação geral de “Cycle of Suffering” é que o Sylosis faz seu regresso em grande estilo.

Formação:
Josh Middleton – Vocais, Guitarra
Alex Bailey – Guitarra
Conor Marshall – Baixo
Ali Richardson – Bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.

Continua depois da publicidade