Resenhas

Deceiver

Khemmis

9.0

Lançado em 2021 pela Nuclear Blast Records, "Deceiver" é o mais novo álbum de estúdio da banda estadunidense de doom metal Khemmis. Pode se dizer que "Deceiver" marca a transição da banda para uma influência mais pesada do metal, ousando misturar ás temáticas cadenciadas e melancólicas, riffs mais pesados e gritos rasgados do death metal, numa sonoridade que combinou perfeitamente com a premissa do álbum!

É um daqueles álbuns caprichados dos quais não basta você ouvir uma única música e parar por aí. Cada música parece completar a outra e por vezes você nem percebe que já mudou a faixa.

Com letras pesadas, o álbum abre com a faixa “Avernal Gate”, que não segue tanto na linha doom metal já conhecida pela banda. Mas a que mais me agradou foi a próxima faixa “House Of Cadmus”, mais melódica, com refrões de guitarra marcantes e uma linha de vocais guturais que dão o toque death metal que a banda tanta buscava.

A música segue com várias partes interessantes e que apesar de mudarem de sonoridade, permanecem fazendo sentido na música, e segundo o próprio vocalista Phil disse numa entrevista concedida ao Headbangers News, algumas músicas e letras pediam uma sonoridade mais pesada, não foi intencional ou forçado. Era algo como se a música estivesse crescendo e evoluindo naturalmente em direção ao peso e agonia, mas com momentos de calma e esperança.

E se você não entendeu do que se trata, ouça “House Of Cadmus” com o coração aberto e se permita sentí-la.

O conceito do álbum gira em torno de uma fase depressiva e bem reflexiva em que o vocalista, guitarrista e compositor Phil passava, trazendo letras sobre a necessidade de se perdoar, de se amar e lutar por si mesmo.

“Living Pyre” também segue na mesma pegada mais agressiva, enquanto “Shroud Of Lethe” é mais cadenciada na maior parte do tempo.

“Obsidian Crown” tem riffs criativos e é mais rápida e com um ar mais moderno na sonoridade.

O álbum fecha com “The Astral Road” e apesar de começar de uma forma calma, logo explode e parece ter deixado toda a intensidade para essa faixa e terminar o álbum a todo vapor.

“Deceiver” é uma daquelas descobertas boas que fazem a gente ter certeza de que a chama do metal ainda está viva, e que não cairá fácil na mesmice. Pelo menos não no que depender do Khemmis!

Formação:
Ben Hutcherson – Guitarra, vocal
Phil Pendergast – Vocal, guitarra
Zach Coleman – Bateria

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.